NOITE DE AUTÓGRAFOS NA LIVRARIA DA VILA DO SHOPPING PÁTIO HIGIENÓPOLIS, EM SÃO PAULO

Convidados e amigos prestigiaram o lançamento de Os animais e a psique –
Volume 2
, da Summus Editorial. O evento aconteceu na última terça-feira, 17 de outubro, na Livraria da Vila do Shopping Pátio Higienópolis em São Paulo.

SUMMUS APOIA O XV CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE PNL

Em breve ocorrerá a edição de 2017 do  Congresso Latino-Americano de Programação Neurolinguística. Com o tema “PNL em cenário de mudanças”, o evento, que está em sua 15ª edição, será realizado no Hotel Confort Suítes, na cidade de Vitória, no ES, entre os dias 03 e 05 de novembro (pré-congresso noss dias 02 e 03/11).
…………………..
Veja a programação completa do congresso e faça sua inscrição pelo  site http://congressopnl.com.br/

 

As obras de PNL da Summus serão comercializadas no local. Para conhecer todos os nossos títulos a área, acesse: http://bit.ly/2dFmAdz

AUTORAS O SEGUNDO VOLUME DO LIVRO “OS ANIMAIS E A PSIQUE” AUTOGRAFAM EM SÃO PAULO

A Summus Editorial e a Livraria da Vila (Shopping Pátio Higienópolis) promovem no dia 17 de outubro, terça-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do segundo volume do livro Os animais e a psique. As autoras – Denise Gimenez Ramos, Maria do Carmo De Biase, Maria Helena Monteiro Balthazar, Neusa Maria Lopes Sauaia, Roseli Ribeiro Sayegh e Stella Maia T. Cerquinho Malta – recebem os amigos e convidados na livraria, que fica no Shopping Pátio Higienópolis, piso Pacaembu (Av. Higienópolis, 618 – São Paulo).

Presente no cotidiano, nos sonhos, nas fantasias, nos mitos, nos contos, no folclore e na arte, o animal é uma das imagens mais poderosas para o ser humano. Essa proximidade foi objeto de estudo de um grupo de psicólogas que dedicou anos de pesquisas a expandir a compreensão dessa rica relação. No segundo volume do livro Os animais e a psique, as autoras analisam sete animais – asno, camelo, gato, golfinho, morcego, raposa e rato – e mostram como a energia deles se manifesta simbolicamente no homem, na forma de forças variadas e significativas.

Os animais são abordados no livro em suas várias dimensões, tanto no aspecto biológico quanto no aspecto simbólico. Na parte biológica, as autoras ressaltam aspectos etológicos, ou seja, relativos aos hábitos de cada animal e sua relação com o ambiente, além de características anatômicas e fisiológicas. Na parte simbólica, contos, mitos, histórias, sonhos e fantasias das mais diferentes origens ajudam a compor a importância desses animais na cultura e na mente humana, com ênfase à cultura brasileira, sobretudo lendas e costumes folclóricos.

“Não é mais possível viver sem considerar o significado dos animais em nossa vida. Eles exercem grande fascínio sobre nós, como podemos observar na enorme quantidade de livros e filmes que retratam de modo antropomórfico ou realista as qualidades peculiares de muitos deles. Por meio dessa fácil e imediata identificação, valores humanos são transmitidos e vivenciados por crianças e adultos, permitindo a incorporação de diversas qualidades desses animais”, afirmam as psicólogas.

Para saber mais sobre o livro, acesse: http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro//9788532310774

http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1478/Animais+e+a+psique,+Os+-+Vol.+2

Clique aqui e saiba mais sobre o livro a ser lançado

 

NOITE DE AUTÓGRAFOS NA LIVRARIA SARAIVA, EM FLORIANÓPOLIS

Convidados e amigos prestigiam o lançamento de Orientação profissional em ação – Volume 1da Summus Editorial. O evento aconteceu na última quarta-feira, 13 de setembro, na Saraiva do Shopping Iguatemi Florianópolis (SC)

Conheça a obra: http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1473/9788532310743


 

 

 

AUTORES DO LIVRO “ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL EM AÇÃO” AUTOGRAFAM EM SANTA CATARINA

A Summus Editorial e a Saraiva (Florianópolis – SC) promovem no dia 13 de setembro, quarta-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Orientação profissional em ação – Volume 1 – Formação e prática de orientadores. As psicólogas Marilu Diez Lisboa e Dulce Helena Soares, organizadoras da obra, e os autores recebem amigos e convidados na livraria, que fica no Shopping Center Iguatemi (Av. Madre Benvenuta, 687 – Loja 338A – Piso 3 – Santa Mônica, Florianópolis – SC).

Em um momento no qual a precarização do trabalho traz a dura realidade da vida moderna, marcada pela incerteza e pela instabilidade socioeconômica, a escolha – ou a redefinição – de uma carreira constitui um grande desafio. Quando se unem elementos como autoconhecimento, análise criteriosa das profissões e segurança na hora da escolha por determinada área de atuação, a chance de sucesso é alta, mas poucas são as pessoas que têm consciência da importância desse tripé. Assim, os orientadores profissionais são essenciais para auxiliar os indivíduos a optar por uma carreira compatível com suas necessidades e aptidões. No primeiro volume da coleção Orientação profissional em ação, os autores apresentam estudos, pesquisas e práticas que visam auxiliar no planejamento de carreira da população que ainda não se inseriu no mundo do trabalho e daqueles que buscam uma profissão que lhes traga satisfação, segurança e crescimento pessoal. 

“Nosso propósito foi e continua sendo contribuir efetivamente com a evolução desta que tem se confirmado uma necessidade cada dia mais urgente: a solidificação da orientação profissional no Brasil. Vivemos um universo de complexidades que atingem jovens e adultos, em todos os âmbitos de sua existência”, dizem Marilu e Dulce.

A obra tem a participação de vários autores e foi dividia em três partes: “Formação e Identidade de Orientadores Profissionais”, “Orientação Profissional sob Diferentes Olhares Teórico-Práticos” e “Anos Universitários: Juventudes e Carreira”. “Cada autor traz consigo um desejo de compartilhamento entre profissionais que vêm trilhando os caminhos da orientação profissional e de carreira por meio de trajetórias independentes, ao mesmo tempo que presentes numa relação profissional de inserção em diferentes tempos”, afirmam Marilu e Dulce.

Segundo elas, a partir de cada relato, constrói-se uma história que concretamente, se constituiu em uma atividade que completa 21 anos: o Curso de Formação em Orientação Profissional e de Carreira – A Facilitação da Escolha, realizado pelo Instituto do Ser – Orientação Profissional e de Carreira, que fica em Florianópolis, SC. Os autores deste volume são compostos pelas criadoras desse curso e por seus ex-alunos.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1473/9788532310743

FÁBIO PARANHOS, AUTOR DO LIVRO “CORAGEM DE SER”, PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE PATERNIDADE

A Rede Nacional Primeira Infância, através do GT Homens pela Primeira Infância, promove nos dias 1 e 2 de Setembro, em São Paulo, o III Seminário Nacional Paternidades e Primeira Infância: avanços e desafios do cuidar. O objetivo do evento é dar visibilidade à diversidade de experiências dos pais homoafetivos, pais adolescentes e encarcerados, além de abordar temas como a ampliação da licença-paternidade, guarda compartilhada e educação para a igualdade de gênero.

O ativista Fábio Paranhos, coautor do livro Coragem de ser (Edições GLS), é um dos convidados a palestrar no seminário. Usando como base o tema do livro, ele vai mostrar os 14 depoimentos de homens que assumiram a homossexualidade depois de ter formado uma família. “São histórias de amor, de encontros e desencontros, de sofrimento e superação”, afirma Paranhos, destacando que o livro também traz depoimentos de filhos desses homens tão corajosos.

Nesta sexta-feira, dia 1º, a programação do evento será dedicada ao debate e reflexão com especialistas no tema, vindos de diferentes estados do Brasil. A mesa 1, sobre a importância das políticas públicas na valorização da paternidade, vai abordar a ampliação da licença-paternidade, os próximos passos para a regulação e efetivação do Marco Legal da Primeira Infância, e também sobre o papel do homem no desenvolvimento e educação das crianças. Na segunda mesa de debates, a diversidade das famílias brasileiras estará presente, com falas de pais adotivos homoafetivos, pais adolescentes, pais transexuais e pais que já estiveram em situação de prisão. A terceira mesa de debates vai discutir o novo posicionamento do homem na dinâmica familiar, e contará com a presença de defensores do direito à guarda compartilhada das crianças, e representantes de movimento que defende a participação dos pais nas creches.

O segundo dia do evento será dedicado às oficinas vivenciais e rodas de conversa para escuta e troca de experiências, sobre temas como amamentação e alimentação saudável, educação para a equidade de gênero e oficinas sobre o brincar. As crianças serão bem-vindas, e poderão participar de atividades propostas por um grupo de educadores, para que os pais e mães possam participar das oficinas. Também no sábado, acontecerá um encontro com autores e especialistas sobre paternidade e o encerramento com a apresentação da Banda Alana.

O III Seminário Nacional Paternidades e Primeira Infância: avanços e desafios do cuidar é uma realização do GT Homens pela Primeira Infância, integrado pelas seguintes organizações: Aldeias Infantis SOS Brasil, CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular, Coordenação Nacional de Saúde do Homem do Ministério da Saúde, Comitê Vida, Diário do Papai, Instituto Papai, Plan, Portal Aleitamento.com, Portal 4Daddy, Primeira Infância Melhor e Promundo Brasil. E conta com o apoio da secretaria-executiva da Rede Nacional Primeira Infância / CECIP – Centro de Criação de Imagem Popular.

Além dos debates, o evento vai contar com o lançamento do documentário “Pai é quem cuida”, oficinas e rodas de conversas para escuta e troca de experiências. As inscrições são gratuitas e as vagas, limitadas, clique aqui para se inscrever.

Serviço

Evento: III Seminário Nacional Paternidades e Primeira Infância: avanços e desafios do cuidar
Data: 1º e 2 de setembro, sexta-feira e sábado
Horário: das 8h as 17h30 (sexta) e das 8h as 12h30 (sábado)
Local: Sede do Projeto Quixote
Endereço: Av. Engenheiro Luís Gomes Cardim Sangirardi, 789 – Vila Mariana – São Paulo
Inscrições e vagas limitadas, acesse:  https://goo.gl/s97hFN

 

Sobre o livro

Contrariando o senso comum, estudo recente realizado na Universidade de Toronto, no Canadá, estimou que mais da metade dos pais homossexuais era composta por pais biológicos e não adotivos. De início, essa constatação pode gerar questionamentos do tipo: por que ele se casou e teve filhos se sabia que era gay? Por que escondeu o que sentia da família? O livro Coragem de ser – Relato de homens, pais e homossexuais  lançamento das Edições GLS, escrito pela psicóloga Vera Moris e pelo ativista Fábio Paranhos, mostra que esse raciocínio não é apenas incorreto, mas terrivelmente preconceituoso. Por meio de depoimentos de homens que assumiram a homossexualidade depois de formar uma família, os autores encontraram, sobretudo, homens que tentaram ser “normais” antes de entender e aceitar o que realmente eram.

A sombra da heteronormatividade, segundo os autores, que os persegue até a idade adulta, faz que eles existam, vivam e ajam exatamente de acordo com essa norma, trazendo a concretização do sonho da família perfeita e da vontade de ser pai. Porém, aos poucos, a percepção da orientação homossexual começa a vir à tona. Ao mesmo tempo, a separação está associada à temida necessidade de se reconhecer não heterossexual.

“Esses homens se casaram com parceiras por quem estavam apaixonados e com elas tiveram filhos. Viveram, entre namoro e o casamento, uma vida satisfatória. Para alguns, encontrar a mulher amada depois de uma infância e de uma adolescência problemática representava a possibilidade de constituir uma família. Porém, mais tarde, eles constataram aquilo que não conseguiam mais esconder: a inevitável atração – tanto sexual quanto afetiva – por pessoas do mesmo sexo”, afirma Vera Moris.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1467/Coragem+de+ser

NOITE DE AUTÓGRAFOS DO LIVRO “ACUPUNTURA E MEDICINA INTEGRATIVA”, DA MG

MG Editores e a Livraria da Vila (Al. Lorena – SP) promovem no dia 17 de agostoquinta-feiradas 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Acupuntura e medicina integrativa – Sabedoria milenar, ciência e bem-estar, do médico fisiatra Mário Sérgio Rossi Vieira. O autor receberá amigos e convidados no piso térreo da livraria que fica na Al. Lorena, 1.731 – São Paulo, SP.

Reconhecida como especialidade médica no Brasil desde 1995, a acupuntura vem sendo cada vez mais procurada por pacientes que desejam obter o alívio de diversos sintomas. Utilizada como tratamento complementar das mais variadas enfermidades – de insônia e depressão a infertilidade e lombalgia –, ela oferece o melhor da sabedoria milenar oriental aliada à segurança e à eficácia da medicina ocidental.

Nesta obra, dr. Mário Sérgio aborda, em linguagem clara e direta, os princípios que compõem a medicina tradicional chinesa, as evidências de que a acupuntura funciona, os vários tipos de tratamento, as principais indicações do agulhamento, os benefícios da técnica e as dúvidas mais comuns dos leigos. Além disso, mostra como a acupuntura está alinhada com uma nova visão de medicina, baseada na prevenção, na busca do equilíbrio do organismo, na qualidade de vida e no respeito ao paciente.

Mário Sérgio Rossi Vieira é graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Especializou-se em Fisiatria pela mesma instituição, em Medicina Esportiva pela Escola Paulista de Medicina (EPM-Unifesp) e em Acupuntura pelo Centro de Estudo Integrado de Medicina Chinesa (Ceimec), tendo concluído seu mestrado pela FCMSCSP em 2000.  Inspirado na máxima japonesa do Kaizen (evolução paulatina e progressiva), participa constantemente de cursos e treinamentos médicos, como na Tianjin University of Traditional Chinese Medicine (China) e no Institute of Mind and Body Medicine da Harvard Medical School (EUA). Concluiu a especialização em Acupuntura Médica da Harvard Medical School (HMS Acupuncture Course for Physicians) em 2012.  Médico do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) desde 2005, contribuiu para a elaboração dos protocolos institucionais de atendimentos médicos em acupuntura. Atualmente é líder do comitê de Terapias Complementares do HIAE.

Para saber mais sobre o livro lançado, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1472/Acupuntura+e+medicina+integrativa

LILIAN FRAZÃO E AUTORAS AUTOGRAFAM O LIVRO “QUESTÕES DO HUMANO NA CONTEMPORANEIDADE”

A Summus Editorial e a Livraria da Vila (Fradique Coutinho – SP) promovem no dia 9 de agosto, quarta-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Questões do humano na contemporaneidade – Olhares gestálticos. Lilian Meyer Frazão, uma das pioneiras na abordagem gestáltica no Brasil, organizadora da obra, e as autoras recebem amigos e convidados no piso térreo da livraria, que fica na Rua Fradique Coutinho, 915 – Vila Madalena, SP. 

Ao trazer a Gestalt-terapia para o centro das discussões, o livro aborda alguns dos dilemas enfrentados na contemporaneidade e apresenta inquietações clínicas ligadas à complexidade do ser humano de se constituir como pessoa e da angústia decorrente desse processo. A busca de uma identidade, as adições, a dificuldade de atingir um ideal de corpo imposto são temas debatidos por seis autoras.

Baseadas em sua vasta experiência, elas utilizam a Gestalt-terapia como pano de fundo para produzir um debate enriquecedor e atual. “Mostrar o papel do terapeuta como canalizador das emoções e de todo o potencial do paciente é uma das tarefas mais desafiadoras para o profissional. Num mundo pós-moderno permeado de tantas vicissitudes, a obra faz reflexões importantes para o trabalho de psicólogos,  psicoterapeutas e leigos”, afirma Lilian.

Para saber mais sobre o livro, acesse: http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1471/9788532310729

MELINA SCIALOM AUTOGRAFA “LABAN PLURAL” NA LIVRARIA CULTURA DE CAMPINAS (SP)

A Summus Editorial e a Livraria Cultura – Shopping Center Iguatemi (Campinas (SP) promovem no dia 29 de junho, quinta-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos de Laban plural – Arte do movimento, pesquisa e genealogia da práxis de Rudolf Laban no Brasil. Melina Scialom, autora da obra, recebe amigos e convidados na livraria, que fica Av. Iguatemi, 777 – Piso 1, Campinas – SP. Das 19h às 19h45 haverá uma apresentação sobre o livro no auditório da livraria (piso superior).

A obra é uma combinação de movimentos diversos – dança, pesquisa, passado e presente – que envolvem a vida e obra de Rudolf Laban (1879-1958) e da reverberação de seu pensamento artístico, filosófico e científico no Brasil. Embora seja considerado um dos grandes teóricos da dança do século XX, Laban baseia-se na observação, na prática e na experiência do corpo em movimento. Melina Scialom resgata aqui a introdução dos ensinamentos de Laban no Brasil e sua repercussão entre bailarinos e educadores, criando uma espécie de genealogia que explica os caminhos percorridos por diversos profissionais da arte do movimento.

“Este livro segue pegadas ao vento, rastros e ressonâncias que ecoam uma origem futura de renovação imanente. A obra de Rudolf Laban tem como matriz a pulsão espacial da própria vida. Essa criatividade auto‑organizada reverbera nas diferenças infinitas de cada obra sob sua influência. A proposta desafiadora de Melina Scialom é se deixar ser dançada por esse traço dinâmico, pessoal e coletivo, único e plural, arqueológico e visionário.
[…] A contribuição brasileira para o método Laban é relevante não apenas por continuar um legado, mas justamente por transformá‑lo criativamente, o que sempre foi o eixo da proposta de Laban.”

Do Prefácio de Ciane Fernandes

Melina Scialom é coreologista pelo Trinity Laban (Londres, Reino Unido), doutora em Dança pela University of Roehamton (Reino Unido), mestre em Artes Cênicas pela UFBA e bacharel e licenciada em Dança pela Unicamp. Vem explorando o universo labaniano desde 2002, publicando artigos e capítulos de livros envolvendo a temática. Atua profissionalmente desenvolvendo, dirigindo e atuando em performances de dança solo e em colaboração com artistas de outras linguagens como circo, teatro, música e vídeo, tendo sua atividade artística espalhada pelo mundo. Como cofundadora do núcleo de dança Maya-Lila, tem colaborado na direção e apresentação de performances e espetáculos de dança desde 2005.

LANÇAMENTO DO LIVRO “O TEAR DA VIDA” NA LIVRARIA DA VILA (AL. LORENA/SP), NO DIA 20 DE JUNHO

A Summus Editorial e a Livraria da Vila (Al. Lorena – SP) promovem no dia 20 de junho, terça-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro O tear da vida – Reflexões e vivências terapêuticas, das psicólogas Jean Clark Juliano e Irene Monteiro Felippe. O evento será também uma homenagem a memória de Jean, que faleceu em 2016. Ela completaria 74 anos no dia 18 de junho. Irene e Luiz Juliano, viúvo de Jean, receberão amigos e convidados no piso térreo da livraria, que fica na Al. Lorena, 1.731 – São Paulo, SP.

Grande representante da Gestalt-terapia brasileira e referência na área da psicologia, Jean Clark Juliano sempre teve o dom da palavra. Além disso, com sua fé inabalável no ser humano, via no diálogo com o outro a chance de chegar ao conhecimento de si e do mundo. Delicada, alegre e interessada na vida, ela enfrentou bravamente a doença que a acometeu nos últimos anos, mantendo-se forte até o fim. Os textos que compõem o livro, últimos gestados pela autora, em parceria com a também psicóloga Irene Monteiro Felippe, falam sobre a procura da autorrealização e da necessidade humana de ser feliz, reconstruindo acontecimentos e significados às vezes sublimes, às vezes dolorosos.

Fruto de um trabalho de três anos, a obra traz pequenos relatos autobiográficos, contos, reflexões psicológicas e inquietações sobre o desenvolvimento e o mistério humanos. “Convidamos o leitor a se arriscar. Assim como Jean, o livro é uma busca de caminhos e um agradável convívio de encontros”, afirma Irene, que muitas vezes sentou ao lado de Jean em frente ao computador, trocando memórias.

A riqueza desse convívio produziu um rico diálogo intergeracional e abriu espaço para a criação de textos memoráveis, como “Uma casa de chá”. Baseado no prefácio ao livro A vida, o tempo, a psicoterapia (Summus, 2012), escrito pelo jornalista Thomaz Souto Corrêa, o conto mostra a necessidade que todos nós temos de encontrar um abrigo especial.

“Quando paramos um momento, por menor que seja, para tomar chá, saímos de nossa vida diária, aquela que não mostra o seu significado e fica eternamente na superfície. Mergulhamos na fumaça quente que sai da xícara e revemos todos os processos pelos quais passamos naquela vida íntima, peregrina, guardada com cuidado. Adentramos em uma busca pelo silêncio interior. Nossas sensações se regulam com o farfalhar das folhas e vamos apreendendo todas as etapas pelas quais passamos até chegar ali, àquela casinha, tomando aquele gole de chá especial.”