REUMATOLOGISTA MEXICANO, AUTOR DA MG EDITORES, PARTICIPA DE SEMINÁRIO SOBRE FIBROMIALGIA NA UNIFESP

A UNIFESP promove no dia 14 de abril, terça-feira, das 9h30 às 16h30, o Seminário “Fibromialgia e dor crônica sem mistérios: uma visão integrativa”, que acontece no Anfiteatro Boris Casoi, na UNIFESP/Campus Vila Clementino. Um dos principais palestrantes do evento, que é gratuito e aberto ao público, será o reumatologista mexicano Manuel Martinez-Lavin, uma dos maiores especialistas no tema. Ele é autor do livro Fibromialgia sem mistérios, lançado em 2014 pela MG Editores.

50108A fibromialgia acomete entre 2% e 5% da população mundial, quase sempre mulheres. É uma dor difusa e crônica que migra por vários pontos do corpo. Como seus sintomas são muitas vezes confundidos com os de outras enfermidades, o diagnóstico é difícil e demorado. No livro, o reumatologista traz um alento para as pessoas que convivem com a doença. Apresentando os principais sinais e sintomas da fibromialgia, ele explica o motivo da tão frequente “confusão diagnóstica”, aponta as prováveis causas da doença e propõe linhas de tratamento efetivas.

Reconhecida como doença apenas nas últimas décadas, a fibromialgia produz múltiplos sintomas físicos e psicológicos. Dor crônica generalizada, fadiga, distúrbios de sono, dificuldade de concentração, secura nos olhos e na boca, palpitações, endometriose, baixa imunidade e sensação de desalento são algumas das queixas mais comuns dos pacientes.

Na obra, Lavín mostra que a fibromialgia é uma doença complexa, que pode ser confundida com outras enfermidades, e desconhecida por muitos médicos e pela sociedade em geral. Além disso, os novos critérios para o diagnóstico, promulgados em 2010, são controversos. “Essa ignorância conduz inevitavelmente ao mau tratamento de uma multidão de pessoas que é vítima da enfermidade”, complementa. O alto custo econômico e social da doença ajuda a ampliar a falta de entendimento.

O Seminário

A programação completa do seminário pode ser acompanhada pelo site http://goo.gl/weN85F. Além do dr. Lavín, participam a anestesiologista Fabíola Peixoto Minson, a reumatologista Suely Roizenblatt, o psiquiatra Mário César Bazzarella, a psicóloga Elaine de Siqueira Sales, a jornalista Fernanda Soares Andrade e o obstetra Roberto Cardoso, que é autor do livro Medicina e meditação, também pela MG Editores.

Serviço

Seminário: “Fibromialgia e dor crônica sem mistério: uma visão integrativa”
Data: 14 de abril de 2015, terça-feira
Horário: das 9h30 às 16h30
Local: Anfiteatro Boris Casoi – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Campus Vila Clementino.
Endereço: Rua Botucatu, nº 821 (Bairro: Vila Clementino / 1º andar do Prédio da Oftalmologia), São Paulo.
Público-alvo: Médicos, profissionais de saúde, pacientes e familiares.
Perfil do evento: gratuito e aberto ao público em geral.
Informações: http://goo.gl/weN85F

Para saber mais sobre os livros da MG Editores, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1389/FIBROMIALGIA+SEM+MIST%C3%89RIO

 

LAURA GUTMAN FAZ SEMINÁRIO NO BRASIL

Laura Gutman__FOTO_Alejandra_LopezA renomada terapeuta argentina Laura Gutman, autora do livro O poder do discurso materno (Editora Ágora), estará no Brasil no dia 1º de novembro, sábado, para o seminário “Biografia Humana: a ponte entre nosso presente e nossa infância”. O evento, que começa às 10h e termina 15h30, com intervalo para o almoço, acontece no São Paulo Center, que fica na Av. Lineu de Paula Machado, 1100 (em frente aos portões do Jockey Club de São Paulo). As vagas são limitadas. Valores e inscrições pelo blog: http://goo.gl/Z3Ow8k

Terapeuta mundialmente famosa, Laura Gutman explica no livro O poder do discurso materno, lançado no Brasil em 2013, a sua metodologia da construção da biografia humana. 20117Um trabalho de tecelã em que a pessoa reconstrói sua história não com o discurso daqueles que a cercam, mas com autonomia e discernimento.

Laura acredita que é o processo de autoconhecimento que permite às pessoas entrar em contato com experiências esquecidas no inconsciente e, com base em um novo ponto de vista, libertar-se do passado opressor e criar novas maneiras de ser e estar no mundo.

Sem dar conselho, nem apontar falhas nem culpados, Laura conduz o indivíduo por uma jornada de autoconhecimento, desvendando experiências infantis que não estão racionalmente organizadas na consciência. “Não importa o que é correto ou o que é incorreto. A única coisa que importa é compreendermo-nos mais e entendermos a lógica de nossas ações, de nossos rancores, de nosso medo ou de nossa rigidez. Se estamos procurando o equilíbrio fora de nós, não o encontraremos nunca”, afirma terapeuta.

O livro mostra que esse mergulho interior por vezes é duro, dolorido, mas o potencial de crescimento que advém dele é capaz de transformar por completo aqueles que têm coragem o bastante para enfrentar um processo de mudança de condicionamento e de pautas que adquirimos quando crianças. “Emergem daí seres humanos mais completos e aptos a manter relações familiares e amorosas harmônicas”, complementa a autora.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1348/Poder+do+discurso+materno,+O