ESPECIAL DE EBOOKS DE FLÁVIO GIKOVATE NA AMAZON

……………
MUDAR: Caminhos para a transformação verdadeira

Por que é tão difícil mudar, mesmo quando sabemos que determinados hábitos ou atitudes nos são prejudiciais? Que mecanismos estão por trás da nossa resistência à mudança e como entendê-los para, então, desmantelá-los? Contumaz observador da alma humana, Flávio Gikovate analisa neste livro os obstáculos que enfrentamos quando nos propomos a mudar um comportamento e aponta caminhos para vencer tais entraves.

Compre agora

 

PARA SER FELIZ NO AMOR: Os vínculos afetivos hoje

A evolução tecnológica das últimas décadas, a emancipação feminina e as facilidades que permitem às pessoas viver sós têm colocado em xeque os relacionamentos à moda antiga.

Porém, apesar de todos concordarem que hoje as afinidades são fundamentais, o fato é que a grande maioria dos casais continua a se formar entre pessoas muito diferentes, o que sempre culmina em dor. Por quê?

Compre agora

……..
….

                  

                 

RÁDIO CBN ENTREVISTA EDITORA-EXECUTIVA DO GRUPO SUMMUS SOBRE FLÁVIO GIKOVATE

No dia 13/10/2017, completou um ano de falecimento do nosso autor Flávio Gikovate. Neste dia, a editora-executiva do Grupo Editorial Summus, Soraia Bini Cury, foi entrevistada por Tania Morales, no programa CBN Noite Total, da rádio CBN. Elas conversaram sobre a vida do psicoterapeuta, suas obras e o ebook, lançado pelo selo MG Editores em homenagem a Gikovate e que pode ser baixado gratuitamente nas melhores livrarias virtuais.

Ouça a entrevista abaixo:

 

Baixe o seu gratuitamente clicando em uma das imagens abaixo. Você será redirecionado automaticamente para a página do e-book na loja.

 

 

……

………………………

Conheça todas as obras de Flávio Gikovate, publicadas pela MG Editores:
http://www.gruposummus.com.br/mg/autor//Fl%C3%A1vio+Gikovate

 

E-BOOK GRATUITO EM TRIBUTO A FLÁVIO GIKOVATE

Há um ano, o psiquiatra e escritor Flávio Gikovate faleceu. Em sua homenagem,          a MG Editores disponibilizou um e-book que pode ser baixado gratuitamente em diversas lojas (links mais abaixo).

A obra é um tributo a Gikovate. Para seus admiradores, trata-se de um resumo de suas ideias sobre os temas que mais prezava. Para os que ainda não o conhecem, constitui uma boa introdução ao seu pensamento.
…..

Baixe o seu gratuitamente clicando em uma das imagens abaixo. Você será redirecionado automaticamente para a página do e-book na loja.

 

 

……

………………………

Conheça todas as obras de Flávio Gikovate, publicadas pela MG Editores:
http://www.gruposummus.com.br/mg/autor//Fl%C3%A1vio+Gikovate

MORRE, AOS 73 ANOS, O PSIQUIATRA E PSICOTERAPEUTA FLÁVIO GIKOVATE

gikovate-pbCom muito pesar, informamos que faleceu nesta quinta-feira, dia 13 de outubro, por volta de 18h30, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o psiquiatra e psicoterapeuta Flávio Gikovate. Ele enfrentava um câncer no pâncreas desde abril deste ano. Lutou firme e bravamente contra a doença durante esses meses e se manteve confiante durante o longo e doloroso processo de tratamento.

Desde 1966, quando se formou médico psiquiatra pela USP e foi assistente clínico do Institute of Psychiatry na London University, Flávio Gikovate teve uma certeza sobre sua carreira: nunca se filiaria a escolas ou aceitaria doutrinas acadêmicas.

Isso não quer dizer, claro, que não sofreria influências de vários pensadores. Sua grande fonte de inspiração como escritor, no entanto, em 50 anos de carreira, foram seus próprios pacientes. Cerca de dez mil já passaram pelo seu consultório. Seus livros – 35 publicados – já venderam mais de um milhão de exemplares.

Desde o início da carreira, Gikovate dedicou-se essencialmente ao trabalho de psicoterapeuta. Escrever foi uma forma de transferir conhecimento e ajudar as pessoas a entrarem num ciclo de evolução. E assim ele ficou conhecido: por abordar de forma original, sem subtrair a importância teórica do seu trabalho, as questões e problemas que afligem os relacionamentos pessoais e interpessoais. E fez isso com muito prazer.

As questões sobre sexualidade e amor sempre atraíram Gikovate. Por isso, foi um dos pioneiros no Brasil a publicar trabalhos nessas áreas. Seu primeiro livro, lançado em 1975, é um clássico. E, nesses mais de 48 anos de vida como escritor, sua maior preocupação sempre foi manter a coerência de pensamento e de argumentação.

Gikovate se preocupava e levava a sério seu compromisso social. Foi conferencista solicitado tanto para atividades acadêmicas como para as que se destinam ao público em geral. Além de colaborar muitos anos com revistas e jornais brasileiros de grande circulação, ele participou de diversos programas de televisão.

Em 2010, aceitou o convite do amigo Silvio de Abreu e encarou o desafio de atuar na novela Passione, da TV Globo, interpretando ele mesmo. A motivação para integrar um elenco de novela foi a mesma que sempre permeou sua carreira: divulgar a profissão para o maior número de pessoas possível.

Antes de adoecer, apresentava o programa “No divã do Gikovate”, gravado no teatro Eva Herz da Livraria Cultura Conjunto Nacional, em São Paulo, com a participação do público, semanalmente, todas as terças-feiras. Sempre participativa, a plateia lotava os 150 lugares do teatro a cada evento. O programa completou nove anos em agosto de 2016. Em 2012, recebeu o prêmio APCA, na categoria rádio variedades.

Gikovate nunca deixou de fazer aquilo em que acreditava. Entre 1982 a 1984, aceitou um convite que gerou grande polêmica na época. Em plena era da democracia corinthiana, encarou o desafio de comandar o time psicologicamente.

Entre as obras de sua autoria, estão: Dá pra ser feliz… Apesar do medo; O Mal, O Bem E Mais Além; Uma história do amor…Com final feliz; Nós, os Humanos; Ensaios sobre o amor e a solidão; Homem: o sexo frágil?; A Liberdade Possível; Uma nova visão do amor; Cigarro: um adeus possível; Deixar de Ser Gordo; Sexo; Sexualidade sem Fronteiras; Mudar– Caminhos para a transformação verdadeira; Gikovate além do divã – Autobiografia. Todos publicados pela MG Editores.

Em 2009, lançou a versão em espanhol de “Uma história do amor…Com final feliz”, pela editora colombiana Panamericana Editorial. O livro também ganhou versão em inglês, ao lado de “O Mal, o bem e mais além – Egoístas, generosos e justos”.

“Para ser feliz no amor” foi seu último livro. O lançamento aconteceu na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, no dia 13 de setembro, com palestra.

Ao lado do amigo nos últimos momentos, Silvio de Abreu deu a seguinte declaração poucas horas depois do falecimento: “Eu acho que o Brasil perde uma grande inteligência, de um homem extremamente preparado para o trabalho que fazia. Um homem que influenciou a cabeça de muitas pessoas importantes no país. Um homem que teve a humildade de colocar o seu trabalho de uma maneira muito mais popular, atendendo pessoas pelo rádio e divulgado seus livros, passando suas ideias. E fazendo isso sempre com muito respeito pelo trabalho e pelas pessoas. Hoje o Brasil perde um grande profissional. Eu estou perdendo um grande amigo”.

O editor do Grupo Editorial Summus, Raul Wassermann, que publicou a maioria dos seus livros, também falou sobre Gikovate: “Nestes muitos anos de convivência com esse importante autor de nossa editora tornei-me amigo e admirador de Flávio. Ele nos deixa e fica um grande vazio, mas sua memória será perene.”

Gikovate deixa a esposa, Cecília, e filhos. Ele será cremado em uma cerimônia simples e reservada à família e aos amigos próximos.

 

 

 

GIKOVATE FAZ PALESTRA E SESSÃO DE AUTÓGRAFOS NO LANÇAMENTO DO LIVRO “PARA SER FELIZ NO AMOR”

MG Editores e a Livraria Cultura do Conjunto Nacional (São Paulo) promovem no dia 13 de setembroterça-feira, o lançamento do livro Para ser feliz no amor, de Flávio Gikovate. Das 18 ás 19 horas, haverá palestra com o psicoterapeuta no Teatro Eva Herz. A sessão de autógrafos acontecerá em seguida, em frente ao teatro, no piso superior da livraria, que fica na Avenida Paulista, 2073, São Paulo.

Serão distribuídas senhas uma hora antes do evento, em frente ao teatro.

Saiba mais sobre o livro lançado em http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1449/Para+ser+feliz+no+amor+

Para ser feliz no amor

‘E QUANDO AQUILO QUE FALAMOS AGRIDE O OUTRO’ – COM FLÁVIO GIKOVATE

Flavio-Gikovate falandoHá opiniões discrepantes em relação às pessoas que são muito cuidadosas e delicadas quando expressam seu ponto de vista, especialmente sobre temas polêmicos. Alguns as julgam falsas e hipócritas, pois escolhem as palavras com o intuito de agradar o interlocutor. Resultado: desconfia-se de sua sinceridade.

Outros, porém, pensam de forma diferente. Acham que são espíritos mais atentos, preocupados em não ser invasivos e grosseiros. Tomam cuidado, sim, porque não gostariam, em hipótese alguma, de magoar a pessoa com a qual estão conversando.

Pode parecer também que o tipo mais espontâneo e sincero é mais veemente na defesa de suas ideias, enquanto o mais delicado tem menos interesse em fazer prevalecer seu ponto de vista, ficando sempre “em cima do muro”.

Embora muitas vezes tais considerações sejam verdadeiras, penso que não é tão simples fazer a avaliação da conduta mais adequada. Esse assunto não só envolve questões morais, mas diz respeito à eficácia da comunicação entre as pessoas.

Sob o aspecto moral, a preocupação com o outro se impõe sempre. Ser honestos e sinceros não nos dá o direito de dizer tudo que pensamos. A franqueza pode ser prejudicial.

Por exemplo, se uma pessoa, ao encontrar um amigo de rosto abatido, falar: “Puxa, como você está pálido! Até parece doente”, estará sendo sincera, mas tremendamente insensível.

A verdade não subtrai o caráter agressivo da afirmação; pelo contrário o acentua. Na prática, acredito que uma boa forma de avaliar uma ação é pelo resultado. Se o efeito for destrutivo, a ação será nociva, independentemente da “boa intenção” daquele que a praticou.

A tese de que devemos falar tudo o que pensamos é ainda mais indefensável quando o objetivo é facilitar o entendimento e a comunicação. Indiscutivelmente o ser humano é vaidoso e, se sentir-se ofendido por alguma palavra ou atitude do outro, acabará desenvolvendo uma postura negativa em relação a essa pessoa.

Se alguém iniciar uma frase com expressões do tipo “Você não percebe nada”, “Qualquer idiota é capaz de compreender que…”, elas provocarão uma espécie de surdez imediata.
Não ouviremos o resto do argumento ou então o ouviremos com o intuito de encontrar bons raciocínios para derrubá-lo.

Quando nos expressamos, é preciso ter extremo cuidado com as palavras, pois elas atingem positiva ou negativamente o interlocutor. No processo de comunicação, a recepção é tão importante quanto a emissão dos sinais. Temos que nos lembrar disso se quisermos agir de modo construtivo para nós e para os demais.

O descaso pelo “receptor” indica desrespeito moral e agressividade (voluntária ou não). Há pessoas que só têm interesse em mostrar como são perspicazes e brilhantes. Querem ficar por cima. Querem ensinar e não aprender. Despertam raiva, não admiração, pois a arte de seduzir caminha exatamente na direção oposta.

Qual a pessoa que gosta de se aproximar de alguém cujo objetivo principal é a autopromoção constante? Quem atura discursos intermináveis baseados num narcisismo oco? Praticamente ninguém. O descaso pelo interlocutor é, a meu ver, fruto de um individualismo acirrado e oculta o desejo inconsciente de se dar mal na vida.

Artigo do psicoterapeuta Flávio Gikovate, publicado no Portal Raízes. Para acessá-lo na íntegra: http://www.portalraizes.com/quando-falar-e-agredir-flavio-gikovate/

Conheça os livros do autor publicados pela MG Editores em
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/busca/fl%C3%A1vio+gikovate/all/0

KITS COM PREÇOS ESPECIAIS PARA PRESENTEAR!

O final de ano está chegando e livro é sempre uma ótima pedida para presentear. Pensando nisso o Grupo Summus preparou vários combos especiais.

Aproveite a oportunidade, tem livros para todos os gostos e bolsos!

Kit "Queijos e Vinho"

“Queijos e Vinho”
De R$ 320,00
Por R$ 256,00

Luz_camera_acao_2

“Luz, câmera, ação”
De R$ 296,20
Por R$ 175,00

SN 2

“Selo Negro”
De R$ 237,60
Por R$ 132,00

 

 

 

 

Susan livros

“Por uma vida melhor”
De R$ 120,70
Por R$ 80,00

GLS

“Edições GLS”
De R$126,60
Por R$84,40

GIKOVATE

“Flávio Gikovate”
De R$ 152,10
Por R$ 99,00

FLÁVIO GIKOVATE NO “THE NOITE”, COM DANILO GENTILI

Danilo Gentili entrevistou o psicoterapeuta Flávio Gikovate no programa The Noite, no SBT. Assista abaixo ao vídeo da participação.

………………………..
O psiquiatra lançou recentemente Gikovate além do divã – Autobiografia, onde se abre para contar sua trajetória e revela, com sinceridade e emoção, como a influência familiar, a formação acadêmica, a vivência em consultório e a análise acurada do meio social contribuíram para construir seu modo de atuar. O objetivo da autobiografia, segundo ele, é deixar registradas as etapas que foram essenciais para a elaboração dos seus métodos de trabalho e de sua produção intelectual.

Para conhecer todos os livros do autor publicados pela MG Editores, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/busca/gikovate/all/0

GIKOVATE FAZ PALESTRA NA LIVRARIA DA VILA, NO SHOPPING PÁTIO HIGIENÓPOLIS

A MG Editores e a Livraria da Vila (Shopping Pátio Higienópolis-São Paulo) promovem no dia 21 de setembro, segunda-feira, às 19 horas, palestra do psicoterapeuta Flávio Gikovate no auditório da livraria. Na sequência, ele autografará seu livro recém-lançado, Gikovate além do divã – AutobiografiaPara participar é necessário retirar senha antecipada, que estará disponível a partir de 18h30 (a cpacidade do auditório é de 60 pessoas sentadas). A livraria fica no Shopping Pátio Higienópolis, piso Pacaembu (Av. Higienópolis, 618, São Paulo).

Nos anos 1970, no auge do lema “sexo, drogas e rock’n’roll”, Gikovate viveu sua primeira grande ruptura com o pensamento psicológico tradicional. Em um artigo para uma revista de grande circulação, ele separou sexo de amor. E disse mais: são impulsos instintivos autônomos e muitas vezes antagônicos. Foi também nessa época que ele falou pela primeira vez do medo da felicidade, relacionando-o ao trauma do nascimento, e estabeleceu diferenças cabais entre desejo e excitação.

Adepto do pensamento livre, Gikovate nunca se filiou a nenhuma das tradicionais correntes da psicologia. O modo peculiar de conduzir seu trabalho e a originalidade de suas reflexões atingem milhares de pessoas, seja pela leitura de seus livros, que já venderam mais de 1 milhão de exemplares, seja pelo incalculável alcance do rádio em seu programa semanal, seja pelo atendimento em consultório, onde já passaram mais de 10 mil pacientes, seja pelas redes sociais, com números crescentes de seguidores. Em Gikovate além do divã – Autobiografia, Gikovate se abre para contar essa trajetória e revela, com sinceridade e emoção, como a influência familiar, a formação acadêmica, a vivência em consultório e a análise acurada do meio social contribuíram para construir seu modo de atuar.

O objetivo da autobiografia, segundo ele, é deixar registradas as etapas que foram essenciais para a elaboração dos seus métodos de trabalho e de sua produção intelectual.  “Penso que fui capaz de elaborar um guia útil para aqueles que desejam entender como a experiência clínica, as mudanças ocorridas em nossa cultura ao longo dos últimos 50 anos e também as vivências pessoais se mesclaram e formaram o substrato das reflexões originais que fiz sobre sexo, amor, moral e felicidade – e sobre o medo dela.”

Sem histórias picantes e detalhes de bastidores, Gikovate escreveu sobre a vida pessoal apenas o que era indispensável para explicar certos aspectos do modo como se encaminhou sua trajetória como psicoterapeuta. A medicina entrou em sua vida desde muito cedo. Filho de um médico e intelectual respeitado, influente também no meio político, ele nutriu grande admiração pela determinação e inteligência do pai. Mas foi a severa doença psiquiátrica da mãe, que se manifestou pela primeira vez quando ele tinha 6 anos de idade, que selou sua escolha pela medicina e, posteriormente, pela psiquiatria.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1423/9788572551151

Gikovate_Palestra Livraria da Vila

 

GIKOVATE LANÇA AUTOBIOGRAFIA E COMEMORA 8 ANOS DO SEU PROGRAMA NA RÁDIO CBN

A MG Editores e a Livraria Cultura (Conjunto Nacional – São Paulo) promovem no dia 18 de agosto, o lançamento do livro Gikovate além do divã – Autobiografia. Das 18h às 19h15, haverá a gravação especial de No divã do Gikovate, da rádio CBN, em comemoração aos 8 anos do programa. Em seguida, a partir de 19h30, sessão de autógrafos no “Bico de madeira”, no piso do Teatro. A livraria fica na Av. Paulista, 2073 – São Paulo.

Nos anos 1970, no auge do lema “sexo, drogas e rock’n’roll”, Gikovate viveu sua primeira grande ruptura com o pensamento psicológico tradicional. Em um artigo para uma revista de grande circulação, ele separou sexo de amor. E disse mais: são impulsos instintivos autônomos e muitas vezes antagônicos. Foi também nessa época que ele falou pela primeira vez do medo da felicidade, relacionando-o ao trauma do nascimento, e estabeleceu diferenças cabais entre desejo e excitação.

Adepto do pensamento livre, Gikovate nunca se filiou a nenhuma das tradicionais correntes da psicologia. O modo peculiar de conduzir seu trabalho e a originalidade de suas reflexões atingem milhares de pessoas, seja pela leitura de seus livros, que já venderam mais de 1 milhão de exemplares, seja pelo incalculável alcance do rádio em seu programa semanal, seja pelo atendimento em consultório, onde já passaram mais de 10 mil pacientes, seja pelas redes sociais, com números crescentes de seguidores. Em Gikovate além do divã – Autobiografia, Gikovate se abre para contar essa trajetória e revela, com sinceridade e emoção, como a influência familiar, a formação acadêmica, a vivência em consultório e a análise acurada do meio social contribuíram para construir seu modo de atuar.

O objetivo da autobiografia, segundo ele, é deixar registradas as etapas que foram essenciais para a elaboração dos seus métodos de trabalho e de sua produção intelectual.  “Penso que fui capaz de elaborar um guia útil para aqueles que desejam entender como a experiência clínica, as mudanças ocorridas em nossa cultura ao longo dos últimos 50 anos e também as vivências pessoais se mesclaram e formaram o substrato das reflexões originais que fiz sobre sexo, amor, moral e felicidade – e sobre o medo dela.”

Sem histórias picantes e detalhes de bastidores, Gikovate escreveu sobre a vida pessoal apenas o que era indispensável para explicar certos aspectos do modo como se encaminhou sua trajetória como psicoterapeuta. A medicina entrou em sua vida desde muito cedo. Filho de um médico e intelectual respeitado, influente também no meio político, ele nutriu grande admiração pela determinação e inteligência do pai. Mas foi a severa doença psiquiátrica da mãe, que se manifestou pela primeira vez quando ele tinha 6 anos de idade, que selou sua escolha pela medicina e, posteriormente, pela psiquiatria.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1423/Gikovate+al%C3%A9m+do+div%C3%A3

Gikovate alem do diva