ROSA CUKIER LANÇA “VIDA E CLÍNICA DE UMA PSICOTERAPEUTA” NA LIVRARIA DA VILA, NA VILA MADALENA

A Editora Ágora e a Livraria da Vila (Vila Madalena – SP) promovem no dia 19 de junho, terça-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Vida e clínica de uma psicoterapeuta, da psicodramatista Rosa Cukier. A autora receberá amigos e convidados no piso superior da livraria, que fica na Rua Fradique Coutinho, 915 – Vila Madalena, São Paulo.

A obra reúne os frutos dos estudos da autora nos últimos dez anos. De forma clara e didática, ela aborda, entre outros temas, a importância do psicodrama e da dramatização como mecanismo de reparação, as adições, a codependência, a inveja e o estresse pós-traumático, tanto do paciente quanto do terapeuta. Para tanto, toma como base sua prática clínica e as ideias de grandes pensadores, como Jacob Levy Moreno, Joseph LeDoux, Peter Levine, Alice Miller e Melody Beattie.

Fundamental para psicodramatistas, assim como para estudantes que estão iniciando nesse caminho, o livro se baseia em grande parte na trajetória de Rosa, tanto no campo pessoal quanto no profissional. “Meu objetivo é que a obra os fertilize de ideias e, sobretudo, que os mobilize a levar em conta seu momento pessoal ao enveredar por alguma pesquisa científica. Para mim, essa é a chave que provoca minha curiosidade e me dá fôlego para ler tudo que leio e estudo”, afirma Rosa.

Dividida em oito capítulos, a obra é baseada em artigos escritos e publicados em revistas especializadas. “Sempre me senti mobilizada a estudar as questões ligadas à primeira infância, sobretudo o abuso infantil e as marcas indeléveis que este deixa no psiquismo. Violência doméstica, distúrbios narcísicos, borderlines, funcionamento cerebral – tenho a impressão de que sempre estudei a mesma coisa, de pontos de vistas diferentes, e sempre quis usar e ensinar a aplicar o psicodrama no tratamento dos quadros decorrentes”, diz Rosa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1493/9788571832060

ROSANE RODRIGUES AUTOGRAFA “TEATRO DE REPRISE” NA LIVRARIA DA VILA DO SHOPPING PÁTIO HIGIENÓPOLIS (SP)

A Editora Ágora e a Livraria da Vila (Shopping Pátio Higienópolis-SP) promovem no dia 28 de setembro, quarta-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Teatro de reprise – Improvisando com e para grupos. A psicodramatista Rosane Rodrigues receberá amigos e convidados na livraria, que fica no Shopping Pátio Higienópolis, piso Pacaembu (Av. Higienópolis, 618 – São Paulo).

Em 1993, quando surgiu o Teatro de Reprise, na cidade de São Paulo, inspirado no Playback Theatre americano (1975) de Jonathan Fox, o Grupo Reprise estabeleceu uma relevante inovação no cenário sociopsicodramático e nas artes cênicas do Brasil. Na ocasião, o movimento psicodramático brasileiro buscava o entendimento da linguagem cênica e a aceitação da potência estética contida nas intervenções sociais, com foco nos grupos e em sua sociodinâmica. A trajetória dessa metodologia brasileira que interage com o público de maneira improvisada é o tema do livro.

Usando o Playback Theatre como base de comparação, a autora, que ajudou a criar a metodologia do Teatro de Reprise, busca refletir sobre como acontece o processo de transformação, o aprofundamento de temas e até a aprendizagem mútua, na coconstrução e corresponsabilização propiciadas pela metodologia, por meio da mobilização do coconsciente e do coinconsciente grupais.

Na avaliação de Rosane, o Teatro de Reprise, alinhado com os princípios sociopsicodramáticos da inclusão e da alegria, contribui para um dos grandes desafios atuais da nossa sociedade: retomar a noção de que somos seres grupais, de que temos de construir coletivamente os nossos caminhos em contraposição ao individualismo e ao consumismo, além de prevenir uma violência sempre existente em grupos humanos, cada vez mais perigosa e poderosa.

“Espero ter contribuído para diminuir a distância entre a psicologia e a arte, de tal forma que os artistas possam estudar seus personagens como ressonâncias estéticas e não somente pelo viés racional ou da mistura com seus preconceitos, principalmente com os doentes mentais. Cada um de nós tem qualquer grau de loucura que nos torna mais ricos e diferentes uns dos outros, e, na medida do possível, não devemos temer nossos monstros e sombras, mas dialogar metaforicamente com eles”, conclui.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1444/Teatro+de+reprise

teatro-de-reprise

FALECE ZERKA T. MORENO, COCRIADORA DO PSICODRAMA

zerka-t-morenoLamentamos informar o falecimento de Zerka T. Moreno, aos 99 anos de idade. Cocriadora do psicodrama, juntamente com seu marido, J.L. Moreno, exerceu um papel pioneiro não só na criação e consolidação do psicodrama como no desenvolvimento da psicoterapia de grupo. Ao longo de seus sessenta anos de prática, ela foi responsável pela formação de muitos profissionais, em vários países.  Até 1982, foi diretora do Instituto Moreno em Beacon, Nova York, e presidente da American Society of Group Psychoterapy and Psychodrama. Teve vários artigos publicados em livros e revistas e esteve no Brasil por várias vezes, a última delas como convidada especial do XI Congresso Brasileiro de Psicodrama, realizado em Campos do Jordão, em 1998.

Para saber mais sobre a importância de Zerka para o meio psicodramatista, leia a apresentação de José Fonseca ao livro A quintessência de Zerka, publicado pela Ágora em 2008:  http://www.gruposummus.com.br/indice/20038.pdf

Zerka deixa um filho, o americano Jonathan Moreno, filósofo e historiador que sempre lutou para perpetuar o trabalho dos pais.

NOITE DE AUTÓGRAFOS DE “PSICODRAMA COM CASAIS” NA LIVRARIA DA VILA, SP

A Editora Ágora e a Livraria da Vila (Al. Lorena-São Paulo) promovem no dia 23 de agosto, terça-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Psicodrama com casais. A organizadora da obra, Gisela Castanho, e os autores receberão amigos e convidados no piso térreo da livraria, que fica na Al. Lorena, 1.731, nos Jardins, em São Paulo.

Desde o começo do namoro, os casais formam um tecido relacional, que é a base do casamento. Esse tecido é feito de afetos, escolhas, reações e decisões. Cada relacionamento tem suas características, tecendo-se na convivência uma trama peculiar. O papel da terapia de casal é cuidar desse tecido, que às vezes fica esgarçado e quase se rompe. No livro Psicodrama com casais, lançamento da Editora Ágora, psicodramatistas compartilham suas experiências no atendimento de casais, indagando e refletindo sobre amor e conjugalidade. Organizada pela psicoterapeuta Gisela Castanho, a obra aborda temas como dificuldades sexuais, infidelidade, relações de poder, dinheiro, impasses e conflitos conjugais – todos sob a ótica moreniana e com base na prática clínica com casais em consultórios, instituições e comunidades.

Dividido em três partes, o livro tem 11 capítulos escritos por psicodramatistas com experiências diversas e vários exemplos de práticas clínicas. Questões como a difícil arte de viver a dois, a mulher ferida e a síndrome de Estocolmo, infidelidade e o dilema entre desejo e compromisso, terapia de casal e perda ambígua, a abordagem psicodramática das dificuldades sexuais e os problemas do vínculo conjugal na atualidade são apresentadas e avaliadas pelos especialistas.

Os casos apresentados pelos autores revelam que a terapia é solicitada em função de dificuldades consideradas insolúveis, pois os recursos do casal estão quase esgotados ao chegarem à sessão inicial. Cada um dos cônjuges pensa que a intervenção do terapeuta pode modificar a situação a seu favor e fica temeroso ao que lhe pareça desfavorável. As respostas do terapeuta são passíveis de ser deturpadas pela expectativa dos cônjuges. “Interessa a ambos influenciar o julgamento dele e, se puderem, tê-lo como aliado”, afirma Gisela.

Os exemplos ilustrados na obra mostram que a relação conjugal é um sistema que se auto-organiza e tem alto grau de estabilidade dinâmica. Dessa forma, sofre flutuações contínuas, múltiplas e interdependentes. “O casal saudável é um casal flexível”, diz a organizadora. Segundo ela, a terapia de casal busca desvelar a trama oculta das inter-relações pela qual os problemas se manifestam e bloqueiam a espontaneidade e a criatividade promotoras de saúde.

Para saber mais sobre a obra, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1443/Psicodrama+com+casais

Psicodrama com casais

 

MORRE MOYSÉS AGUIAR

Moyses_Aguiar

Lamentamos informar que faleceu no sábado, dia 14 de novembro, o psicólogo e psicodramista Moysés Campos de Aguiar Netto, vítima de câncer no pulmão. Um dos líderes do movimento psicodramático brasileiro, ele é um dos principais autores de psicodrama da Editora Ágora. Escreveu os livros “Teatro espontâneo e psicodrama” e “Psicodrama e emancipação” e traduziu diversas obras. Também é coautor de uma dezena de outros livros, alguns deles publicados na Alemanha, na Inglaterra e na Hungria. Em 2016 já estava previsto o lançamento de “Psicodrama público na contemporaneidade”, mais um livro com sua coautoria.

Moysés Aguiar lutava contra doença há um ano. Mesmo em tratamento, segundo amigos, ele não se afastou de suas atividades como psicoterapeuta, professor e diretor de Teatro Espontâneo. Seu conhecimento, criatividade e espontaneidade eram intensos na direção e no ensino, conta Sergio Serrano, diretor da Febrap – Federação Brasileira de Psicodrama, em texto divulgado nas redes sociais.

“Já estava inscrito para o 20º Congresso Brasileiro de Psicodrama e ia para o Chile ministrar uma atualização de Teatro Espontâneo. Essa era a prova de sua vontade de viver e continuar produzindo”, conta Serrano.

Moysés Aguiar foi precursor de várias trupes de Teatro Espontâneo pelo Brasil, quando criou a Escola de Teatro Espontâneo na cidade de Tietê. No livro “Psicodrama e emancipação”, lançado em 2009, ele conta, por meio de relatos, depoimentos e reflexões, a história da Escola de Psicodrama de Tietê, uma experiência pedagógica pioneira no ensino de psicodrama, comandada por ele e ocorrida na década de 1990, cuja metodologia antecipou algumas propostas consideradas hoje extremamente avançadas em termos educacionais.

 

AUTORES DO LIVRO “POR TODAS AS FORMAS DE AMOR” AUTOGRAFAM NA LIVRARIA DA VILA, EM SÃO PAULO

A Editora Ágora e a Livraria da Vila (Al. Lorena) promovem no dia 22 de maio, quinta-feira, das 18h30 às 21h30, o lançamento do livro Por todas as formas de amor – O psicodramatista diante das relações amorosas. Os organizadores da obra, os psicodramatistas Adelsa Cunha e Carlos Roberto Silveira, e os autores recebem os convidados na livraria, que fica na Alameda Lorena, 1.731 – São Paulo.

O amor é um tema que afeta a todo ser humano. Na busca da realização amorosa, as pessoas vivem vários sentimentos e muitas vezes não sabem lidar com eles. Como suportar o rompimento de uma relação? O que os homens e as mulheres querem? Ser gay ou bissexual é sinônimo de sofrimento? Num mundo em constante transformação é preciso rever conceitos, atualizar respostas e fazer novas reflexões.

No livro, experientes profissionais discorrem sobre a questão amorosa. Por meio de um olhar psicodramático, eles refletem sobre os diversos aspectos envolvidos nesse sentimento, buscando encontrar respostas que contemplem as dores e os prazeres decorrentes das várias formas que as relações podem assumir em suas diferentes manifestações.

A obra é dividida em dez capítulos elaborados por 11 autores que apresentam o seu entendimento teórico e a sua vivência sobre o tema. “Não pretendemos criar uma teoria psicodramática sobre o amor nem oferecer fórmulas ou caminhos para atingir uma relação ideal ou para encontrar um amor”, explicam os organizadores. O objetivo é ampliar as reflexões sobre o tema, possibilitando a compreensão de que não existe uma forma única de amor ou de amar, mas várias, sendo todas legítimas.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro//Por+todas+as+formas+de+amor

Por_todas_as_formas_de_amor

 

‘GALERA DO ALÉM DO PESO EXPERIMENTA AULA DE PSICODRAMA.’

Com a ajuda do psicodrama, os participantes do reality show Além do Peso, exibido pela Rede Record no Programa da Tarde, conseguiram analisar o que pode estar por trás do ganho de peso. Assista à sessão comandada por Norival Cepeda, autor de MASP 1970 – O psicodrama, da Ágora:

………..

Para saber mais sobre psicodrama, conheça todos os livros sobre o tema publicados pela Ágora. Acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/categoria/Psicodrama

NOITE DE AUTÓGRAFOS DO LIVRO “PSICODRAMA EM ESPAÇOS PÚBLICOS”

Alguns momentos do movimentado lançamento do livro Psicodrama em espaços públicos, organizado por Regina Fourneaut Monteiro e Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler, em 18 de março de 2014, na Livraria da Vila (Vila Madalena – São Paulo). Um sucesso!

 

 

LUIZ CONTRO LANÇA O LIVRO “POR DENTRO DAS EQUIPES”, EM CAMPINAS

A Editora Ágora e a Livraria da Vila (Campinas – SP) promovem no dia 21 de março, sexta-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Por dentro das equipes. O psicólogo Luiz Contro, autor da obra, receberá os convidados na livraria, que fica no Galleria Shopping, piso Expansão (Rod. Dom Pedro, s/no, km 131,5 – Campinas – SP).

Desmotivação, tensão, pressão. São inúmeros os motivos que comprometem o bom desempenho das equipes de trabalho. Cada vez mais ligadas no piloto automático e absorvidas pela velocidade dos tempos modernos, as equipes padecem, sobretudo, de reflexão. Como criar melhores condições para o fazer diário? Quais são os caminhos para a ampliação da autonomia, o aumento da consciência crítica, a implantação de dinâmicas mais espontâneo-criativas e menos cristalizadas? Como o trabalho pode ser integrado satisfatoriamente no dia a dia das pessoas?

No livro Por dentro das equipes, Contro mergulha no universo das equipes. Partindo de sua larga experiência com intervenções em organizações e instituições, ele mostra como o trabalho em equipe foi contaminado pelas diversas variáveis da pós-modernidade. Para comprovar a tese, o autor apresenta cases de intervenções em diferentes equipes e propõe alternativas e soluções baseadas no método do psicodrama para corrigir a rota.

A correção, contudo, não é feita com base em fórmulas e manuais, em número pequeno e determinado de lições. “Identifico-me com o posicionamento que acredita que transformações não se dão a toque de caixa. Pedem etapas e maturações. Não se referem a atos, mas a processos de educação continuada e permanente”, afirma o psicólogo. Segundo ele, procedimentos pontuais e por vezes mirabolantes tendem a não fazer perdurar seus conteúdos já nas horas seguintes à sua execução.

A proposta de intervenção grupal de Contro foge ao fluxo de trabalho serializado, não criativo e ausente de prazer. Seja para temas como liderança, motivação ou fortalecimento do grupo, o psicólogo defende algo simples, mas que no atropelo diário das atividades profissionais tem sido ignorado pela maioria: todo o processo de trabalho implica relações.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1359/Por+dentro+das+equipes

Por_dentro_das_equipes