AUTORA DO LIVRO “RELAÇÕES PÚBLICAS NA CONTEMPORANEIDADE” AUTOGRAFA EM SÃO PAULO

A Summus Editorial e a Livraria Martins Fontes promovem no dia 18 de abril, terça-feira, das 18h30 às 21h30, a noite de autógrafos do livro Relações públicas na contemporaneidade – Contextos, modelos e estratégias. A autora da obra, a professora Bianca Marder Dreyer, receberá os convidados na livraria, que fica na Av. Paulista, 509 (próximo à Estação Brigadeiro do metrô).

Como contextualizar a atividade de relações públicas na contemporaneidade? Qual a relação da sociedade em que vivemos com a atividade de relações públicas? O profissional de RP deve ainda defender a transparência das organizações? Existem modelos que podem ajudar na gestão da comunicação? Quais elementos devemos considerar para planejar a comunicação em tempos de mídias sociais digitais? Como classificar os públicos no ambiente digital? Qual a relação entre interação e visibilidade para as empresas? Esses são alguns dos questionamentos respondidos pela autora. Atual e instigante, a obra apresenta, entre outros temas, mais de 10 modelos para a gestão da comunicação nas organizações e demonstra que a forma de construir relacionamentos mudou.

“Acredito no potencial da atividade de relações públicas e nas inúmeras possibilidades de atuação do profissional nessa área”, diz a autora, destacando que considera fundamental o olhar contemporâneo e resiliente para fatores que desde sempre fizeram parte da atividade. Para ela, com a chegada das tecnologias de informação e comunicação (TICs), os públicos esperam muito mais das organizações e querem dialogar com elas. “O nosso dia a dia está mais conversacional devido ao uso dos diversos recursos e de plataformas digitais”, afirma Bianca, lembrando que cabe ao profissional de RP a gestão contemporânea da comunicação nas empresas.

As questões abordadas pela professora estão divididas em seis capítulos e mostram que as relações públicas experimentam hoje um incrível momento. Ela abre as discussões com o tema “A sociedade do século XXI na perspectiva das relações públicas contemporâneas”, apresentando algumas características da sociedade nos dias de hoje e propondo ao leitor uma reflexão sobre temas a ser considerados na elaboração de modelos e no planejamento da comunicação para empresas.

Para saber mais sobre o livro, acesse: http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1466/9788532310606

Convite_RP na contemporaneidade

 

ESPECIALISTAS DEBATEM TEMA DO LIVRO “RELAÇÕES PÚBLICAS, MERCADO E REDES SOCIAIS”

A Associação Brasileira de Relações Públicas (ABRP-SP) e a Summus Editorial promovem no dia 13 de novembro, quinta-feira, das 19h15 às 20h15, um debate sobre o tema do livro Relações públicas, mercado e redes sociais, da Summus Editorial. O autor do livro, o pesquisador Rafael Vergili, e o professor Luiz Alberto de Farias, que também é autor da Summus, discutem, mediados por Dayane Azeredo, diretora da ABRP-SP, os possíveis caminhos para ampliar a participação do profissional de RP no mercado de comunicação digital. O debate, seguido de sessão de autógrafos, acontece no auditório da Livraria Martins Fontes, Av. Paulista, 509 – São Paulo, próximo à estação Brigadeiro do metrô.

Infromações e inscriçoes: http://bit.ly/rpmercadoers, email abrpsaopaulo@gmail.com ou twitter @abrpsp

Hoje, as redes sociais constituem um ambiente de grande exposição – tanto positiva quanto negativa – para as empresas. Quando se trata de imagem institucional, como utilizar o poder da rede para atingir o público? O profissional de relações públicas está capacitado para esse trabalho? Que tipo de conhecimentos ele deve ter para atuar na web? No livro,Vergili responde essas e muitas outras perguntas.

Por meio de uma pesquisa com 128 empresas e entrevistas realizadas nas principais agências de comunicação do Brasil, Vergili constatou que 78,1% das grandes companhias priorizam o relacionamento com os públicos nas redes sociais e querem aprimorar esse contato. Paradoxalmente, o profissional de RP, que seria formado para promover esse diálogo, não está inserido adequadamente nesse nicho de mercado. Segundo ele, apenas 12,5% dos respondentes são estudantes de Relações Públicas ou graduados na área.

O trabalho contemplou apenas empresas de grande porte e revelou também que 42,1% das organizações optam por deixar a articulação de redes sociais a cargo da área de comunicação. Na sequência, aparece o núcleo de marketing, com 32,5%. A presença de um departamento especifico, focado apenas na web, é a terceira mais utilizada, com 18,3%. Articulações informais por parte dos colaboradores chegam a 7,1%.

“Diante desse cenário, o temor, por parte das organizações, de receber opiniões negativas e possivelmente de sofrer prejuízos à reputação corporativa tende a aumentar, devido sobretudo ao foco mercadológico e a ausência de capacitação para relacionamentos no uso das redes”, afirma o autor. Segundo ele, esse é um desafio com o qual o profissional de relações públicas precisará lidar no processo de demonstração de sua importância no relacionamento com os públicos, por meio de redes sociais, tendo como base o diálogo.

Para saber mais sobre o livro, acesse: http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/9788532309471

Relações públicas, mercado e redes sociais

 

 

CICLO DE PALESTRAS NA USP DESTACA NOVAS FORMAS DE COMUNICAÇÃO ENTRE MARCA E CONSUMIDOR

Summus apoia nona edição do Ciclorama, que discute processos de interação das empresas com o público.

Nos dias 5, 6 e 7 de novembro, a Agência de Comunicações Eca Jr. promoverá o Ciclorama 9, um ciclo de palestras, debates e exposições de cases das áreas de Relações Públicas e Publicidade com o tema: “Interação ou não? As novas formas de comunicação entre marca e consumidor”. Com a participação de uma ampla gama de palestrantes que vão desde professores e pesquisadores a diretores de empresas e grandes agências, o evento visa a aproximar o ambiente acadêmico da realidade do mercado das comunicações.

Abordando diversos temas, como Experiência de Marca, Storytelling e Transmídia, Gestão de Crises de Imagem, Comunicação com a Nova Classe Média, Sustentabilidade e Greenwashing e cases de sucesso em Mídias Sociais, o Ciclorama contará com participantes de agências como AlmapBBDO, AgênciaClick Isobar, DM9DDB, Wunderman e Ketchum, e empresas como Walmart e Nova Pontocom.

Busca-se, nesta edição, mapear tendências contemporâneas e delinear caminhos para campanhas publicitárias e estratégias comunicacionais que atendam às demandas de um público cada vez mais informado, exigente e conectado, que ocupa um lugar cada vez mais ativo nas relações de consumo.

Serviço:

Data: 5,6 e 7 de novembro
Horário: 14h30 às 18h e 18h10 às 22h
Local: Av. Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443 – Cidade Universitária
Período vespertino: Prédio CRP na sala 3
Período Noturno: Auditório Paulo Emílio – Prédio da Administração
Informações: (11)3481-1777ou (11)3091-4405 e ciclorama@ecajr.com.br

Venda de ingressos:

Inscrições abertas ao público em geral, a partir de 23/10
Agência de Comunicações ECA Jr.
Av. Professor Lúcio Martins Rodrigues, 443/ Prédio 3- sala 2
R$25,00 o pacote ou R$ 8,00 por período
Pela internet: www.ecajr.com.br/ciclorama9

Conheça os livros de Relações Públicas e Comunicação Empresarial da Summus, acessando: http://bit.ly/Vb9x7C

CLEUZA CESCA LANÇA RELAÇÕES PÚBLICAS PARA INICIANTES NA LIVRARIA SARAIVA EM CAMPINAS

A Summus Editorial e a Livraria Saraiva (Campinas – SP) promovem no dia 23 de agosto, quinta-feira, a partir das 19h30, a noite de autógrafos do livro Relações públicas para iniciantes, de Cleuza Gimemes Cesca. Partindo da constatação de que muitos alunos iniciantes do curso de relações públicas têm dúvidas sobre a própria profissão, a autora escreveu um livro didático para subsidiar estudantes e profissionais em início de carreira. A livraria fica no Shopping Center Iguatemi Campinas (Av. Iguatemi, 777 – Vila Brandina, Campinas – SP).

Embora nos dias de hoje boa parte das empresas disponha de um setor de relações públicas (próprio ou terceirizado), a nomenclatura da atividade não é bem compreendida no mercado de trabalho. Esse desconhecimento acaba, muitas vezes, transferindo as funções dos profissionais da área para outros setores. Isso faz que essa atividade, imprescindível em todos os tipos de organização, fique relegada a segundo plano. Outra dificuldade é a falta de bibliografia didática sobre o assunto, o que em geral desmotiva os candidatos ao curso. No livro, Cleuza, uma das maiores especialista da área, esclarece a atividade e as funções exercidas por um profissional de RP. Com exemplos práticos, mostra o caminho das pedras para quem quer entender a profissão.

Profissional e professora de relações públicas há muitos anos, Cleuza acredita que parte dos alunos ingressa em faculdades de relações públicas sem saber exatamente do que trata a profissão e permanece assim ao longo do primeiro ano. “Nesse período os cursos oferecem, regra geral, as disciplinas de formação humanística, ficando as de formação técnica para mais tarde”, afirma.

Por outro lado, a autora avalia que trazer para os primeiros semestres as discipli­nas de conhecimento específico, técnico, e deixar para os últimos as de formação humanística seria ainda mais desinteressante para parte dos estudantes. “Acredita‑se, portanto, que a leitura de um livro que traga infor­mações completas sobre a profissão fará que, a par desse conteúdo, os estudantes assimilem com prazer as importantes disciplinas de formação humanística até chegarem às matérias de conhecimento específico”, completa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1312/Rela%C3%A7%C3%B5es+p%C3%BAblicas+para+iniciantes