Conheça também os sites das editoras do Grupo Editorial Summus
nossa história envio de originais distribuidores imprensa fale conosco
Você tem 0 produtos no carrinho
  • quero me cadastrar|
  • como comprar|
  • frete|
  • site seguro|
  • blog do Grupo Summus
  • esqueci minha senha
  • login|
  • Busca
    | [ Busca avançada ]

    Atendimento

    Assuntos

    Mais vendidos

    Tags

    Site seguro


    NotíciasNotícias

    FOLHA DE S.PAULO DESTACA O LIVRO “LUIZ GAMA”

    A edição de sábado 26 de junho da Ilustrada, da Folha de S.Paulo, deu amplo destaque para o livro Luiz Gama, quinta biografia da coleção Retratos do Brasil Negro (Selo Negro Edições). A reportagem de capa do caderno, intitulada “As mil vidas de Luiz Gama”, afirma que a obra “sintetiza a trajetória única do perfilado ressaltando-lhe o caráter combativo na luta contra a discriminação de raça”. Filho de uma guerreira negra, Luiza Mahin, e de um senhor de engenho, Gama é protagonista de uma das mais interessantes histórias de vida, que tem como pano de fundo a presença negra no Brasil. A biografia escrita pelo professor Luiz Carlos Santos revela seu pioneirismo como abolicionista e intelectual.

    Considerado um dos maiores abolicionistas do Brasil, Luiz Gonzaga Pinto da Gama tornou-se o arauto da libertação dos negros e da lutaClique aqui para saber mais sobre este livro contra a opressão. Advogado, jornalista, poeta, membro da maçonaria e fundador do Partido Republicano Paulista, Gama morreu em 1882 tendo libertado, nos tribunais, mais de 500 negros. No livro, Santos revela a trajetória de uma das personalidades mais importantes do século XIX no Brasil imperial e escravista, destacando sua atuação pioneira como abolicionista e intelectual. “Trata-se de uma biografia singular que articula luta com inteligência”, revela o autor. Para ele, Gama foi o pai da negritude brasileira e manteve firme o princípio que norteou toda sua vida.

    A biografia traça o perfil de um jovem negro, autodidata, profundo conhecedor das letras e das leis, radical na luta pela liberdade e pelos ideais republicanos, em um império escravocrata. Incansável agitador das causas negras, Gama foi perseguido e ameaçado de morte. Para o autor, seu espírito de superação fortaleceu a atuação abolicionista. “Sua vida é uma forte referência para a nossa história e permite uma releitura da história do Brasil”, complementa. E deverá ser, diz ele, uma das grandes contribuições à luta pela equidade.

    Dividido em três capítulos e um anexo, o livro aborda a vida do abolicionista desde a infância, passando pela escravidão e a luta pela liberdade, que adotou como projeto de vida, com atuação intensa nos tribunais, na imprensa, na literatura e na política. A biografia mostra o menino negro que nasceu livre, em Salvador, na Bahia, foi vendido como escravo aos dez anos pelo próprio pai e na juventude aprendeu a ler e tomou ciência de sua condição de homem livre. “A vida de Gama sugere, sem dúvida, um filme de enredo original e capaz de romper os paradigmas do cinema nacional da favela trágica”, afirma o autor.

      Para saber mais sobre o livro, acesse http://www.gruposummus.com.br/detalhes_livro.php?produto_id=1219

    Comentar esta notícia

    Envie esta notícia para um amigo


    Ver outras notícias

    Blog

    Foco no autor

    Nosso catálogo