porno porno porno porno mobil porno



Conheça também os sites das editoras do Grupo Editorial Summus
nossa história envio de originais distribuidores imprensa fale conosco
Você tem 0 produtos no carrinho
  • quero me cadastrar|
  • como comprar|
  • frete|
  • site seguro|
  • blog do Grupo Summus
  • esqueci minha senha
  • login|
  • Busca
    | [ Busca avançada ]

    Atendimento

    Assuntos

    Mais vendidos

    Tags

    Site seguro

    NotíciasNotícias

    FLÁVIO GIKOVATE PARTICIPA DO PROGRAMA MATÉRIA DE CAPA, DA TV CULTURA

    Dá pra ser feliz... apesar do medoO programa Matéria de Capa, da TV Cultura, exibe no domingo, dia 29 de abril, entrevista com o psicoterapeuta Flávio Gikovate. Ele fala sobre o tema felicidade. No livro Dá pra ser feliz...Apesar do medo (MG Editores), ele aponta o medo da felicidade como o grande vilão para um viver mais pleno. Levando em consideração os principais aspectos da vida - história pessoal, psicologia e contexto social -, Gikovate trata de padrões de felicidade que estão ao alcance de todos. E alerta: o medo da felicidade é um inimigo interno a ser combatido. O programa começa às 19h.

    A felicidade abordada no livro diz respeito a qualquer cidadão. Por isso, Gikovate a chama de democrática. Ele despreza as alegrias de caráter aristocrático, como beleza, fama e fortuna, que beneficiam poucos e condenam a maioria à infelicidade. Segundo o psiquiatra, um bom relacionamento amoroso, virtudes de caráter e elevada auto-estima são pré-requisitos para que qualquer um seja feliz.

    "Muitas pessoas são infelizes porque gostariam de ser mais bonitas, mais altas e magras, mais inteligentes. [...] Outras lamentam a falta de uma vida sexual mais exuberante e cheia de emoções fortes. Umas sonham com um trabalho excitante e glamouroso; outras com uma vida livre e descompromissada, sem horários rígidos e sem patrões. Triste é constatar que elas não fazem quase nada para encaminhar a vida na direção de seus sonhos, uma vez que teriam meios efetivos para tentar concretizá-los", afirma.

    Na concepção do psicoterapeuta, perdemos tempo e energia sofrendo, em imaginação, por situações que, na prática, somos perfeitamente capazes de gerenciar. "Esse tipo de pensamento destrutivo e inútil faz parte do modo de vida de muitas pessoas inteligentes que tentam usar suas potencialidades para se proteger das adversidades em vez de usá-las para aproveitar a vida", diz.

    Para saber mais sobre o livro, acesse: http://www.gruposummus.com.br/detalhes_livro.php?produto_id=1006

    Comentar esta notícia

    Envie esta notícia para um amigo


    Ver outras notícias

    Blog

    Foco no autor

    Nosso catálogo