Bruno Capelas

Bruno Capelas é editor de tecnologia e inovação do O Estado de S. Paulo. É também colunista de tecnologia da Rádio Eldorado (107,3 FM), em São Paulo. Além do Estadão, passou pelas redações do iG e do IGN Brasil. Formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo, é ainda colaborador do portal independente Scream & Yell, pelo qual já escreveu sobre festivais de música no exterior e no Brasil, bem como cobriu cinema e literatura. Nascido em 1992, o autor faz parte da “geração Cultura”, que cresceu com os programas da emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta – foi com produções como Castelo e Mundo da Lua que ele aprendeu a ler e escrever, por exemplo. Raios e trovões é seu primeiro livro. 

Livros deste autor

ATENÇÃO
Devido à pandemia de COVID-19, a qual nos impede de estimar e cumprir prazos de entrega, nossa loja está desabilitada para compra até que a situação se normalize. Você pode navegar normalmente, acompanhar nosso blog e comprar as obras nas lojas de nossos parceiros por meio dos links diretos na página de cada livro. Em breve nossa loja estará de volta e voltaremos a atendê-lo diretamente.

Exibindo 1 resultado

Raios e trovões

A história do fenômeno Castelo Rá-Tim-Bum
Bruno Capelas
R$78,90

“Morcego, ratazana, baratinha e companhia: está na hora da feitiçaria!”. Lançado em 1994 pela TV Cultura, o Castelo Rá-Tim-Bum é até hoje a maior produção infantil já feita pela televisão brasileira. Nesse sentido, Raios e trovões dá a senha para os leitores que quiserem entrar nos bastidores do programa: dos detalhes de figurinos e cenários à rotina de gravações, passando pela criação dos roteiros e escolha do elenco. Baseado em mais de 30 entrevistas com quem viveu o Castelo, o livro mostra como a Cultura conseguiu, em meio a um dos piores momentos da economia brasileira, realizar um projeto que marcou gerações, unindo entretenimento, informação e educação. Para isso, Bruno Capelas faz um mergulho pela história da emissora, em uma trajetória que passa por antenas, incêndios, bonecos de espuma e muito bom humor. Raios e trovões também avança até os dias de hoje, contando por que personagens como Nino, Zequinha, Dr. Victor, Celeste, Bongô, Penélope e Etevaldo permanecem vivos no coração e na mente de crianças pequenas e de outras já bem crescidas – afinal, “porque sim não é resposta!”