Dulcilia Schroeder Buitoni

  Jornalista formada na primeira turma da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), trabalhou principalmente em revistas. Foi repórter, redatora e editora. Fez mestrado e doutorado, ambos sobre a imprensa feminina, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP). Iniciou a carreira docente nos cursos de Jornalismo e Editoração da ECA-USP em 1972. Em 1981, passou a atuar na pós-graduação, tendo orientado dezenas de dissertações e teses. Pesquisadora no campo das Ciências da Linguagem, estuda temas que vão de narrativa jornalística a fotografia, documentário e imagem na internet, passando ainda por relações de gênero e comunicação. Livre-docente em 1986 e professora titular de Jornalismo da ECA–USP em 1991, foi professora visitante da Universidade Autônoma de Barcelona em 1993 e 2000. Atualmente, é professora do Mestrado em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero, publicou pela Summus Editorial o livro Mulher de papel (2009).

Livros deste autor

ATENÇÃO
Devido à pandemia de COVID-19, a qual nos impede de estimar e cumprir prazos de entrega, nossa loja está desabilitada para compra até que a situação se normalize. Você pode navegar normalmente, acompanhar nosso blog e comprar as obras nas lojas de nossos parceiros por meio dos links diretos na página de cada livro. Em breve nossa loja estará de volta e voltaremos a atendê-lo diretamente.

Exibindo todos 2 resultados

De volta ao Quintal Mágico

A educação infantil na Te-Arte
Dulcilia Schroeder Buitoni
R$92,10

Em estoque

A conhecida escola da Tê, da educadora Thereza Soares Pagani, é o tema desta obra na visão de uma jornalista, mãe de ex-alunos. Este livro apresenta a metodologia da escola e o seu dia a dia. Mostra também a mudança para sede própria e a chegada de uma nova geração de cuidadores que atuam, cada um a seu modo, sob o olhar vigilante e as diretrizes de Therezita.

Mulher de papel

A representação da mulher na imprensa feminina brasileira
Dulcilia Schroeder Buitoni
R$89,40

Em estoque

A autora analisa a representação da mulher na imprensa feminina brasileira, mostrando qual ideologia foi transmitida em mais de um século e em que medida a imprensa, como fator cultural, difundiu conteúdos que influíram na formação da consciência da mulher brasileira.