ISBN: 9788585689308

Possibilidades de Histórias ao Contrário

Ou como desencaminhar o aluno da classe especial

Autor(es): Anna Maria Lunardi Padilha

Numa perspectiva histórico-cultural do desenvolvimento humano, a autora acompanhou um caso de risco mudando condições de uma história escolar. A partir daí, discute a trajetória por que passam crianças deslocadas da classe regular para a especial. Destaca a força das instituições responsáveis pelo encaminhamento e as inconsistências de seus fundamentos teóricos. Edição revista e ampliada.

Em estoque

R$42,80

ISBN: 9788585689308

Assunto:

Editora: Plexus Editora

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:

Detalhes do Livro

ISBN 9788585689308
REF: 60030
Edição 4
Ano 2004
Nº de Páginas 136
Peso 0.15 kg
Formato 14 × 21 cm

Anna Maria Lunardi Padilha


Graduada em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC‑Campinas), é mestre em Psicologia da Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e doutora em Educação, Conhecimento, Linguagem e Arte pela mesma instituição. Atualmente, é professora titular da Universidade Metodista de Piracicaba, no Programa de Pós‑Graduação em Educação. Atua principalmente nos seguintes temas: educação especial, inclusão e exclusão social, práticas educativas escolares e não escolares, formação de professores, desenvolvimento humano, processos de ensino e aprendizagem, conhecimento e cotidiano escolar. É autora de Práticas pedagógicas na educação especial: a capacidade de significar o mundo e a inserção cultural do deficiente mental (Autores Associados/Fapesp, 2005) e coautora de Educação para todos: as muitas faces da inclusão escolar (Papirus, 2013).

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Possibilidades de Histórias ao Contrário”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

TDAH e medicalização

Implicações neurolinguísticas e educacionais do Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade
Ana Paula Santana
Rita Signor
R$68,80

Em estoque

Esta obra representa uma significativa contribuição a um debate que tem mobilizado pais, educadores, estudantes e profissionais de saúde: o Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) e a medicalização da educação. Medicalizar significa transformar aspectos de ordem social, pedagógica, cultural e afetiva em doença (transtorno, distúrbio). Partindo dessa realidade inquietante, Rita Signor e Ana Paula Santana mostram os problemas de deixar de lado o contexto social e a história de cada criança ao avaliá-la, apontando o papel da formação dos profissionais (de educação e saúde) na produção do chamado TDAH. Seguindo esse entendimento, as autoras questionam a qualidade do ensino no Brasil, o excesso de diagnósticos voltados ao campo educacional, os testes padronizados da área da saúde, o crescente consumo de medicamentos e as políticas públicas, entre outros fatores que legitimam o fenômeno da medicalização. Amparadas na perspectiva sócio-histórica, refletem sobre essas e outras questões neste livro corajoso e pioneiro, que conta também com dois estudos de caso que comprovam que a afetividade do educador e o trabalho interdisciplinar na escola podem mudar o futuro de muitos adolescentes e crianças.