Jacob Gershoni

É assistente social e mestre em Bem-Estar Social. Psicoterapeuta, trabalha em consultório particular, em Manhattan, e em medicina social, no Centro Médico Presbiteriano de Nova York (New York Presbyterian Medical Center). Formou-se pela Universidade Hebraica de Jerusalém e pela Universidade de Michigan. Foi membro sênior da equipe do Queens Child Guidance Center, na cidade de Nova York, especializando-se em terapia familiar. Seu interesse pelo psicodrama estimulou vários anos de treinamento com Robert e Jaqueline Siroka, co-diretores do Psychodrama Training Institute. Jacob é professor-supervisor (trainer, educator and practitioner), com título conferido pelo American Board of Examiners in Psychodrama, Sociometry and Group Psychotherapy. Atualmente, ele coordena grupos de psicoterapia e treinamento e tem apresentado inúmeros seminários e ofi cinas em congressos nos Estados Unidos, na Europa, na Turquia e em Israel. Paralelamente, está vinculado a vários centros de orientação a serviço da comunidade de gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros de Nova York. Em 2001, recebeu o prêmio Neil Passarielo, da American Society of Group Psychotherapy and Psychodrama, por sua atuação na comunidade GLBT.

Livros deste autor

ATENÇÃO
Devido à pandemia de COVID-19, a qual nos impede de estimar e cumprir prazos de entrega, nossa loja está desabilitada para compra até que a situação se normalize. Você pode navegar normalmente, acompanhar nosso blog e comprar as obras nas lojas de nossos parceiros por meio dos links diretos na página de cada livro. Em breve nossa loja estará de volta e voltaremos a atendê-lo diretamente.

Exibindo 1 resultado

Psicodrama no século 21

Aplicações clínicas e educacionais
Jacob Gershoni
R$101,10

Em estoque

Obra que apresenta as mais modernas aplicações do psicodrama e retoma a contribuição de J. L. Moreno para a psicoterapia de grupo. Diversos autores escrevem sobre sua prática clínica com famílias, crianças, adolescentes e minorias, bem como sobre o uso do psicodrama em ambientes educacionais e na área jurídica. Os artigos abordam, ainda, a interface com outras formas de terapia.