Lia Pinheiro

Psicóloga, psicoterapeuta, mestre em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP) e especialista em Gestalt‑terapia pelo Instituto Sedes Sapientiae. Professora do Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU). Coordenadora e supervisora do programa Dá pra Atender?, na Casa do Adolescente de Pinheiros, Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES‑SP). Membro da Comissão Científica do Programa Saúde do Adolescente da SES‑SP. Coautora do livro A clínica ges­táltica com adolescentes, caminhos clínicos e institucionais (Summus, 2013). E‑mail: dacius@uol.com.br

Livros deste autor

Exibindo todos 2 resultados

Adolescência na clínica gestáltica

Alexandra B. dos Santos Silveira
Cintia Lavratti Brandão
Ênio Brito Pinto
e mais 9 autores
R$68,80

A Gestalt-terapia considera o indivíduo um ser em processo, dotado da capacidade de se transformar ao longo do percurso de acordo com as relações que estabelece consigo, com os outros e com o mundo. Compreendendo a adolescência como uma fase em que passado e futuro se relacionam diretamente com o presente, os autores desta obra usam de toda sua expertise para trazer uma nova compreensão dessa delicada fase da vida. Entre os assuntos abordados aqui estão a psicoterapia breve com essa faixa etária, vulnerabilidades, depressão, desconhecimento e descoberta, relações familiares, parentalidade, uso excessivo da tecnologia e rodas de conversa como modalidade terapêutica – temas atuais e contemporâneos que levam o leitor a refletir sobre a teoria e as experiências práticas aqui relatadas. Prefácio de Jorge Ponciano Ribeiro.

Clínica gestáltica com adolescentes, A

Caminhos clínicos e institucionais
Ana Maria Mirabella
Lia Pinheiro
Luiz Lilienthal
e mais 5 autores
R$64,20

São conhecidas as dificuldades vividas por professores, familiares, educadores e profissionais da área de saúde ao lidar com adolescentes. Neste livro, autores experientes mostram diversas modalidade de atendimento a adolescentes, tanto na clínica quanto em instituições. Temas como bullying, intervenção psicológica, orientação profissional e conflitos familiares são abordados em profundidade.