Ronaldo Pamplona da Costa

Médico pela Universidade Federal do Paraná (UFP), em 1966, onde também concluiu sua residência em clínica médica, de 1967 a 1969. Psiquiatra pela Universidade de São Paulo (USP), em 1972. Psicoterapeuta em Psicodrama pela Sociedade de Psicodrama de São Paulo, em 1974. Terapeuta de alunos e supervisor pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap), em 1980. Sexólogo pelo Instituto H. Elis de São Paulo, em 1982. Com o psicólogo Carlos Borba, criou os métodos de Videopsicodrama (para circuitos fechados de TV) e Telepsicodrama (para circuitos abertos de TV). Desenvolveu com tais métodos, numa parceria entre a USP e a Faculdade Cásper Líbero, pesquisas com adolescentes da Escola de Aplicação da USP, juntando as linguagens da televisão e do psicodrama. Autor e coautor de sete livros sobre psicodrama e sexualidade, sendo Os onze sexos – As múltiplas faces da sexualidade humana (Kondo, 2005) o mais conhecido e indicado por profissionais em escolas e cursos de especialização. Professor de Psicodrama e de Sexualidade em cursos de especialização dessas matérias. Foi consultor do Conselho Federal de Medicina na questão da liberação da cirurgia de transexuais no Brasil. Diretor de psicodrama com grandes grupos em espaços públicos e privados. Criador, com Carlos Borba e Max Alvim, do programa de TV (com o método do Telepsicodrama) Teatro da Vida. Autor dos capítulos “The arrival of psychodrama in Brazil” e “Video‑psychodrama and tele-psychodrama”, publicados em Sambadrama: the arena of Brazilian psychodrama, organizado por Figusch Zoltan e Jessica Kingsley Publishers (Inglaterra e EUA, 2006). Conselheiro do Instituto Kaplan. Já atuou como professor convidado em diversos cursos em universidades brasileiras. Atua em clínica psicoterápica individual e grupal desde 1972.

Livros deste autor

Exibindo todos 2 resultados

Um homem à frente de seu tempo

O psicodrama de Moreno no século XXI
Ronaldo Pamplona da Costa
R$71,60

Em estoque

São artigos de um grupo de brilhantes profissionais do psicodrama que passou cinco anos se dedicando à leitura, análise e discussão da obra “Who shall survive?” (Quem sobreviverá?), de Moreno. Cada participante desenvolveu seu trabalho sobre o tema que mais o tocou, sem a preocupação didática de tentar explicar o livro em si.

Psicodrama público na contemporaneidade

Cenários brasileiros e mundiais
André Marcelo Dedomenico
Ângelo Borim
Anna Maria Knobel
e mais 12 autores
R$65,70

Em estoque

Nesta obra, Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler e Regina Fourneaut Monteiro reúnem especialistas em grandes grupos para compartilhar suas experiências com psicodramas públicos realizados no Brasil e no exterior e refletir sobre elas. No encontro entre profissionais e comunidade, propostas coletivas, inseridas num contexto cultural e social, podem ser vividas e pensadas na esteira da utopia moreniana, que aponta nossa corresponsabilidade diante da realidade que vivemos. Obra indicada a todos os profissionais que trabalham em e com grupos, sobretudo àqueles que, utilizando a metodologia psicodramática, dedicam-se ao resgate da cidadania e à concretização da liberdade e da igualdade democráticas.