Alcione Ribeiro Dias

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Psicodramatista didata supervisora pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Psicóloga pela Fundação Mineira de Educação e Cultura (Fumec). Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho e consultora do campo organizacional e socioeducacional desde 1985. Vice‑presidente da Associação Entre Nós (MS), coordenadora pedagógica da Escola de Psicodrama Entre Nós e professora de Pedagogia Psicodramática e Metodologias Socionômicas. Coautora de livros e
artigos sobre educação e psicodrama. Traduziu o último livro de Maria Alicia Romaña: Pedagogia psicodramática e educação consciente.

Livros deste autor

Exibindo um único resultado

Pedagogia psicodramática

Uma proposta de metodologia ativa de Maria Alicia Romaña
Alcione Ribeiro Dias
Camila Tyrrell Tavares
Cristiane Tavares Romano
e mais 13 autores
R$81,80

Organizado por Maria Aparecida Fernandes Martin e Maisa Helena Altarugio, este livro visa divulgar o trabalho da psicodramatista argentina Maria Alicia Romaña, que desenvolveu a pedagogia psicodramática. Os três primeiros capítulos resgatam aspectos históricos e conceituais do psicodrama e da pedagogia psicodramática, versando sobre a relação de J. L. Moreno com a educação, aspectos da vida e da obra de Romaña e os diálogos possíveis entre a pedagogia psicodramática e as metodologias ativas. Os onze capítulos restantes refletem sobre experiências realizadas pelos autores, que, como diretores, deixaram marcas reais, simbólicas e imaginárias no público que as vivenciou. Alguns dos assuntos abordados são: o papel social e psicodramático do professor; o método educacional psicodramático e o protagonismo do educando; o jogo dramático como instrumento na sala de aula; o papel do professor na produção de uma consciência crítica; a pedagogia psicodramática como metodologia ativa na formação de professores; jogos dramáticos nas aulas online; o role-playing como proposta pedagógica; o sociodrama como facilitador do desenvolvimento do papel profissional, e a neurociência e o aprendizado com psicodrama. Por fim, como sugerido por Maria Alicia, em nome da construção coletiva do conhecimento, o leitor é convidado a compartilhar suas experiências, impressões e sentimento sobre a obra.