Maria Alice Queiroz de Brito (Lika Queiroz)

Psicóloga; Gestalt‑terapeuta; mestre em Psicologia Social pela Universidade Federal da Bahia; especialista em Psicologia Clínica; professora e supervisora do Instituto de Psicologia da UFBA; fundadora e codiretora do Instituto de Gestalt‑terapia da Bahia; membro do corpo docente de Institutos de Gestalt‑terapia no Brasil e na Espanha; criadora da metodologia “Reconfiguração do Campo Familiar: um enfoque transgeracional”. Coautora dos livros Catálogo de abordagens terapêuticas (2005), Dicionário de Gestalt‑terapia (Summus, 2009) e Tratado de Psicologia Transpessoal: antigos ou novos saberes em psicologia? (2012).

Livros deste autor

Exibindo todos 2 resultados

Questões do humano na contemporaneidade

Olhares gestálticos
Angela Schillings
Claudia Baptista Távora
Lilian Meyer Frazão
e mais 3 autores
R$42,80

Em estoque

Partindo de inquietações clínicas ligadas à complexidade do ser humano de se constituir como pessoa e à angústia daí decorrente, este livro aborda alguns dos dilemas enfrentados na contemporaneidade. A busca de uma identidade, as adições, a dificuldade de atingir um ideal de corpo imposto pela mídia e a virtualização dos relacionamentos são alguns dos temas aqui tratados. Num mundo pós-moderno permeado de tantas vicissitudes, esta obra faz reflexões importantes para o trabalho de psicólogos e, sobretudo, de psicoterapeutas. Baseadas em sua vasta experiência, as autoras utilizam a Gestalt-terapia como pano de fundo para produzir um debate enriquecedor e atual.

Clínica, a relação psicoterapêutica e o manejo em gestalt-terapia, A

Alberto Pereira Lima Filho
Beatriz Helena Paranhos Cardella
Ênio Brito Pinto
e mais 5 autores
R$64,20

Em estoque

Entre os temas abordados aqui estão a primeira entrevista em Gestalt-terapia, o contrato terapêutico, a importância do sagrado no processo psicoterápico, o pensamento diagnóstico processual e os ajustamentos criativos funcionais e disfuncionais, as técnicas e os recursos da abordagem, o trabalho com sonhos, os términos no processo psicoterapêutico e o trabalho clínico institucional.