Nilson José Machado

É professor titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Atua tanto na graduação quanto na pós-graduação, tendo orientado algumas dezenas de mestres e/ou doutores no Programa da Feusp. No Biênio 1993-94, foi professor visitante no Instituto de Estudos Avançados da USP, no Programa Educação para a Cidadania, coordenado por Alfredo Bosi. Publicou diversos livros, entre os quais: Ética e educação; Educação – Competência e qualidade; Educação e autoridade; Conhecimento e valor; Educação – Projetos e valores; Epistemologia e didática e Matemática e língua materna. É ainda autor de mais de duas dezenas de livros infantis.

Livros deste autor

Exibindo todos 3 resultados

Ensino de matemática: pontos e contrapontos

Nilson José Machado
Ubiratan D'Ambrosio
R$62,80

Em estoque

A análise sobre a teoria e a prática do ensino da matemática (bem como suas dificuldades) é o foco desta obra. Nela, os autores discorrem sobre diferentes aspectos do ensino da matemática, analisando questões históricas, epistemológicas, sociais e políticas. Esse profícuo diálogo nos conduz a uma disciplina concebida como meio para a formação pessoal e para o exercício da cidadania.

Jogo e projeto: pontos e contrapontos

Lino de Macedo
Nilson José Machado
R$51,00

Em estoque

Neste livro, Lino de Macedo e Nílson José Machado desenvolvem, de forma crítica, sistemática, metódica e objetiva, idéias sobre as complexas relações entre jogo e projeto. No diálogo que estabelecem, cruzam perspectivas divergentes e convergentes, integram novos elementos e significados à discussão, ampliam os horizontes da temática e sinalizam novas formas de organização do pensamento e das práticas educativas cotidianas.

Afetividade na escola

Alternativas teóricas e práticas
Antoine Bechara
Elizabeth Harkot-de-La-Taille
Genoveva Sastre
e mais 10 autores
R$78,90

Em estoque

Este livro traz para o cenário da educação o tema da afetividade, raramente abordado e freqüentemente ocultado nas encruzilhadas do cotidiano escolar. Ele questiona os dualismos estabelecidos no mundo científico e escolar, que separa cognição e afetividade, razão e emoção, assumindo que tais dimensões são indissociáveis no funcionamento psíquico humano. Essa discussão apresenta a contribuição de 13 autores, estudiosos de diferentes campos do conhecimento: educação, psicologia, lingüística, neurologia e matemática.