ISBN: 9788532308818

Aprender a escrita, aprender com a escrita

Organizador(es): Cecilia M. A. Goulart, Victoria Wilson

Autor(es): Angela Vidal Gonçalves, Cecilia M. A. Goulart, Claudia dos Santos Andrade, Eleonora Cretton Abílio, Helenice Aparecida Bastos Rocha, Inez Helena Muniz Garcia, Lídia Maria Ferreira de Oliveira, Marta Lima de Souza, Solange Maria Pinto Tavares, Vanêsa Vieira Silva de Medeiros, Victoria Wilson

Esta obra apresenta reflexões sobre a produção de textos em sala de aula, na perspectiva de um processo de ensino-aprendizagem complexo e contínuo. As autoras partem da produção de crianças, jovens e adultos em diferentes momentos do processo de escolarização. Tendo como referência a teoria da enunciação de Bakhtin, os textos indicam que, desde os anos iniciais do Ensino Fundamental, se ensine e se aprenda a escrita em uso, ou seja, no processo de interação com os pares, professores e alunos, e no diálogo com conhecimentos de variadas origens. Assim, o livro destina-se a profissionais da educação básica – professores, coordenadores e orientadores pedagógicos –, a professores alfabetizadores e àqueles que pesquisam o tema na graduação e na pós-graduação.

Em estoque

R$84,60

ISBN: 9788532308818

Assunto:

Editora: Summus Editorial

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9788532308818
REF: 10881
Edição 1
Ano 2013
Nº de Páginas 256
Peso 0.29 kg
Formato 14 × 21 cm

Cecilia M. A. Goulart

Cecilia M. A. GoulartÉ professora associada na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Educação e no Programa de Alfabetização e Leitura (Proale). Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), foi professora do ensino fundamental na rede municipal do Rio de Janeiro durante 25 anos. É líder do grupo de pesquisa/CNPq Linguagem, cultura e práticas educativas. Tem artigos publicados em periódicos nacionais e em livros da área. É vice-presidente da Associação Brasileira de Alfabetização (ABAlf).

Victoria Wilson

Victoria WilsonDoutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC‑Rio). Pós‑Doutorada na Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora associada de Linguística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Leciona na Faculdade de Formação de Professores da Uerj. Participa do grupo de pesquisa Linguagem, Cultura e Práticas Educativas da UFF. Membro do Diretório Linguagem, Identidades, Ensino (FFP‑Uerj). Conselheira da Assel‑Rio.

Angela Vidal Gonçalves


Graduada em Letras (Português/Inglês) pela Universidade Gama Filho, tem mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). É professora do ensino básico, técnico e tecnológico do Colégio Pedro II, RJ. Tem experiência nas séries iniciais do ensino fundamental, atuando, principalmente, nos temas ensino da língua materna e alfabetização e letramento. Atua como pesquisadora do grupo de pesquisa Linguagem, cultura e práticas educativas/Programa de Pós-Graduação em Educação (UFF), coordenado pela Profª Dra. Cecília M. A. Goulart.

Cecilia M. A. Goulart


Cecilia M. A. Goulart

É professora associada na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde atua no Programa de Pós-Graduação em Educação e no Programa de Alfabetização e Leitura (Proale). Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), foi professora do ensino fundamental na rede municipal do Rio de Janeiro durante 25 anos. É líder do grupo de pesquisa/CNPq Linguagem, cultura e práticas educativas. Tem artigos publicados em periódicos nacionais e em livros da área. É vice-presidente da Associação Brasileira de Alfabetização (ABAlf).

Claudia dos Santos Andrade


Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), é professora adjunta do Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira (CAp/UERJ) e da Universidade Estácio de Sá (RJ). Tem experiência na área de educação, com ênfase em leitura, atuando principalmente com os temas: ensino-aprendizagem dos diferentes componentes curriculares dos anos iniciais do ensino fundamental; alfabetização e processos de formação do leitor; e mídia-educação.

Eleonora Cretton Abílio


Especialista em Literatura Infantojuvenil pela Universidade Federal Fluminense (UFF), trabalhou como Técnica em Assuntos Educacionais na mesma instituição. Atuou no Programa de Alfabetização e Leitura/Proale da Faculdade de Educação da UFF, de 1991 a 2009, dedicando-se ao planejamento e à realização de cursos de formação continuada para professores das redes pública e privada, e para estudantes dos cursos de Pedagogia, Letras, entre outros de nível superior. Participou do desenvolvimento de vários projetos de pesquisa.

Helenice Aparecida Bastos Rocha


Graduada em História, tem mestrado e doutorado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). É professora adjunta no Departamento de Ciências Humanas da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Coordena projeto de pesquisa sobre usos da linguagem verbal e não verbal na aula de História a partir de projetos diversos em escolas. Atual líder do Grupo de pesquisa Oficinas de História, participa como pesquisadora em grupos relacionados a temas nas áreas de História e Educação, com ênfase em ensino de História e Leitura e escrita.

Inez Helena Muniz Garcia


Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), tem mestrado em Educação pela mesma instituição. Realizou, como bolsista da Capes/PDEE, estudos de Doutorado Sanduíche no Exterior no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tem especialização em Processos de Alfabetização na Vida Adulta pela Universidade de Brasília (UnB) e em Recursos Humanos pelo IAG/PUC-RJ. É graduada em Letras (Português/Inglês) pela Faculdade de Filosofia de Itaperuna (RJ). Integra o grupo de pesquisa/CNPq Linguagem, cultura e práticas educativas, investigando processos de produção de linguagem identidades culturais e práticas educativas (UFF).

Lídia Maria Ferreira de Oliveira


Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF), é mestre em Educação e graduada em Letras (Português/Literaturas) pela mesma instituição. Professora de Língua Portuguesa e Literatura da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro, no Colégio Estadual David Capistrano. Integra o grupo de pesquisa Linguagem, cultura e práticas educativas (UFF), investigando a produção do texto escrito, especialmente no ensino médio. Em seus estudos tem priorizado as relações discursivas na produção do texto escrito, as relações entre oralidade e escrita e a variação linguística no ensino de língua materna.

Marta Lima de Souza


Doutora em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF), é professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde atua nos cursos de Pedagogia e de Especialização Saberes e Práticas na Educação Básica com ênfase em Educação de Jovens e Adultos. O campo principal de pesquisa é ensino e aprendizagem da linguagem escrita para jovens e adultos com ênfase na alfabetização, formação de professores, prática de ensino e estágio supervisionado no EJA. Integra o grupo de pesquisa/CNPq Linguagem, cultura e práticas educativas, investigando processos de produção de linguagem, identidades culturais e práticas educativas.

Solange Maria Pinto Tavares


Graduada em Letras pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora, tem mestrado em Educação pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e especialização em Mídia e Deficiência pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). É professora da Escola Municipal União da Betânia, em Juiz de Fora (MG).

Vanêsa Vieira Silva de Medeiros


Victoria Wilson


Victoria Wilson

Doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC‑Rio). Pós‑Doutorada na Universidade Federal Fluminense (UFF). Professora associada de Linguística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Leciona na Faculdade de Formação de Professores da Uerj. Participa do grupo de pesquisa Linguagem, Cultura e Práticas Educativas da UFF. Membro do Diretório Linguagem, Identidades, Ensino (FFP‑Uerj). Conselheira da Assel‑Rio.

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [144.98 KB]

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Aprender a escrita, aprender com a escrita”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Alfabetização e letramento: pontos e contrapontos

Sérgio Antônio da Silva Leite
Silvia M. Gasparian Colello
R$76,00

Em estoque

Neste livro, dois especialistas da Unicamp e da USP ampliam a compreensão do ensino da língua escrita. É possível alfabetizar sem retornar à cultura cartilhesca? Qual o papel da afetividade na alfabetização? Como sistematizar o trabalho pedagógico em sala de aula? Que paradigmas devem ser revistos no caso da aprendizagem escrita? Essas e outras perguntas são respondidas e debatidas nesta obra fundamental ao professor.

Textos em contextos

Reflexões sobre o ensino da língua escrita
Andréa Luize
Érica de Faria Dutra
Gláuci Helena Mora Dias
e mais 7 autores
R$74,50

Em estoque

Com o objetivo de discutir a alfabetização em sua complexidade, esta obra usa o referencial socioconstrutivista para relacionar teoria e prática em diferentes abordagens: as concepções de ensino e de escrita, as trajetórias escolares na alfabetização de crianças e adultos, os processos cognitivos na aprendizagem da escrita, a produção textual na infância e adolescência, os desafios da transposição didática e a formação de professores alfabetizadores.

Escola que (não) ensina a escrever, A

Silvia M. Gasparian Colello
R$74,90

Em estoque

A fim de repensar as concepções acerca da língua, do ensino, da aprendizagem e das práticas pedagógicas, este livro levanta diversos questionamentos sobre a alfabetização como é praticada hoje nas escolas. Depois de analisar diversas falhas didáticas e tendências pedagógicas viciadas, a autora oferece alternativas que subsidiem a construção de uma escola que efetivamente ensine a escrever.

Leitura, escrita e ensino

Discutindo a formação de leitores
Bruno Araújo
Glaucia Guimarães
Isabel Cristina M. Bezerra
e mais 11 autores
R$78,90

Em estoque

Hoje, é consenso que o acesso ao livro é fundamental para garantir a incorporação de práticas de leitura ao cotidiano. Destinada a estudantes de pedagogia e a educadores, esta obra aborda a democratização da cultura, o ensino de literatura e a alfabetização freireana – passando por temas como contação de histórias, livros infantis, EJA, ensino de língua estrangeira e redações de vestibular.