ISBN: 9786555490756

Direito da criança ao respeito, O – Edição revista

Autor(es): Dalmo de Abreu Dallari, Janusz Korczak

Este livro reúne dois ensaios em defesa dos direitos das crianças. O primeiro, “O direito da criança ao respeito”, foi escrito em 1929 pelo pediatra, pedagogo e jornalista polonês Janusz Korczak, de tradição judaica. O segundo, intitulado “Os direitos da criança”, foi escrito em 1986 por Dalmo de Abreu Dallari, jurista e educador brasileiro, de tradição católica. Os dois autores, distantes no tempo e no espaço, tiveram a vida marcada pela oposição a regimes opressores – o nazismo na Europa e a ditadura civil-militar no Brasil – e têm em comum um olhar de profundo respeito pela criança e pela infância. O prefácio da obra é do reverendo Jaime Wright, que teve papel fundamental na defesa dos direitos humanos em nosso país. O livro conta, ainda, com uma versão condensada dos dez princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança, de 1959. Obra essencial para iluminar as discussões sobre a proteção à infância em nossos dias.

R$53,00

ISBN: 9786555490756

Assuntos: , , ,

Editora: Summus Editorial

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9786555490756
REF: 12075
Edição 5
Ano 2022
Nº de Páginas 120
Peso 0.155 kg
Formato 0.50 × 14 × 21 cm

Dalmo de Abreu Dallari


Dalmo de Abreu Dallari

Dalmo de Abreu Dallari nasceu em 31 de dezembro de 1931 em Serra Negra (SP). Graduou se na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) em 1957, onde mais tarde obteve a livre docência. Ainda na juventude passou a atuar em defesa dos direitos humanos. Como professor e jurista, teve papel ativo na luta contra a ditadura civil-militar que se instalou no país em 1964. Por seu ativismo, foi alvo de perseguição política e chegou a ser espancado. Ao longo da década de 1980, contribuiu de maneira significativa com a Assembleia Constituinte que culminou na promulgação da Constituição Federal de 1988. Dallari jamais se omitiu diante de situações de injustiça. Faleceu em 8 de abril de 2022, em sua casa, em São Paulo, aos 90 anos, por insuficiência respiratória. Deixou esposa, sete filhos, 13 netos e dois bisnetos, e entrou para a história como um dos maiores juristas brasileiros.

Janusz Korczak


Janusz Korczak

Janusz Korczak, pseudônimo de Henryk Goldszmit, foi pediatra, pedagogo, jornalista, escritor e ativista polonês e dedicou a vida à causa das infâncias. Nasceu em Varsóvia, em 1878, no seio de uma próspera família judaica. Formou‑se em Medicina pela Universidade de Varsóvia e se notabilizou por seu trabalho de atendimento a crianças carentes e órfãs. Fundou o orfanato Dom Sierot, onde colocou em prática sua visão revolucionária de uma educação baseada na democracia, na autogestão e no direito das crianças à liberdade e a uma vida digna. Escreveu muitos livros, dentre os quais se destacam Quando eu voltar a ser criança, de 1926, e O direito da criança ao respeito, de 1929. Durante a ocupação nazista na Polônia, seu orfanato funcionou dentro do gueto de Varsóvia e abrigou cerca de 200 crianças judias. Morreu em 1942, assassinado junto com elas, no campo de extermínio de Treblinka.

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [492.68 KB]

Você também pode gostar de…

Amar uma Criança

Dicas para expressar o afeto no cotidiano
Judy Ford
R$58,40

Num texto conciso, em pequenos capítulos, e de leitura agradável, este livrinho encantador é indicado para pais, tios, avós, professores, gente que lida com crianças, que ama crianças e que gostaria de “aquecer” sua forma de comunicação com elas. São sugestões de brincadeiras ou pequenos gestos no cotidiano, com emoção, responsabilidade e muita risada. A autora é terapeuta, orientadora educacional e mãe de “produção independente”.

Quando eu voltar a ser criança – Edição revista

Janusz Korczak
R$74,70

Quando eu voltar a ser criança é a história de um professor que, cansado dos dissabores da vida, volta no tempo e passa a ver e a sentir o mundo com olhos e coração de criança, mas retendo suas memórias de adulto. Com sensibilidade, delicadeza e ternura, Janusz Korczak nos convida a acompanhar situações do cotidiano dessa criança de dez anos — em casa, na escola, na rua; como filho, irmão, aluno, amigo —, compartilhando conosco os sentimentos e as reflexões que as experiências vividas despertam no menino e no adulto que a habitam. Mais do que uma obra de ficção, este livro é um ensaio sobre como é ser criança num mundo feito por e para adultos, e uma comovente apologia do direito das crianças a uma vida livre e feliz. Publicado em 1926, continua atual e extremamente necessário.

Educar filhos

Entre a renúncia e a urgência
Leonardo Posternak
R$47,10

Na atual era da informação em que vivemos, proliferam os gurus. Na área da puericultura, não é diferente. Cursos on-line para ensinar o bebê a dormir, livros que prometem “domar” crianças e programas de TV que expõem as mazelas de famílias exaustas são apenas alguns exemplos. Ao mesmo tempo – ou talvez apesar dessa grande oferta de “soluções” rápidas –, cresce entre os adultos a insegurança na hora de educar seus filhos. Alguns pais e especialistas culpabilizam as crianças, tratando-as como verdadeiras tiranas; outros responsabilizam as mães e os pais, tripudiando sobre sua “incompetência”.
Neste livro, Leonardo Posternak não propõe checklists nem respostas prontas para esses problemas. Com toda sua experiência de pediatra humanista, ele ajuda o leitor a refletir sobre a situação e aborda as diversas formas de educação ao longo da história, analisa os atores envolvidos na educação familiar, explica as consequências nefastas do consumismo para a construção psíquica da criança e fala das crises normais por que passam todos os pequenos ao longo de sua evolução. Além disso, oferece um enquadre teórico de como dizer “não” a eles. Com bom humor e sinceridade, o autor propõe um caminho do meio entre a superproteção e a terceirização – dicotomia cada vez mais comum em nosso mundo.

Violação de direitos de crianças e adolescentes, A

Perspectivas de enfrentamento
Amaia Del Campo
Ana Cristina Amaral Marcondes de Moura
Beatriz Dias Braga Lorencini
e mais 16 autores
R$111,00

Muitos são os dilemas e impasses dos profissionais que compõem a rede de proteção integral à criança e ao adolescente em situação de violência. Muitas também têm sido suas iniciativas e possibilidades no enfrentamento da questão. Trata-se, sem dúvida, de um campo em constante construção. Este livro comemora os 20 anos do Centro de Referência às Vítimas de Violência do Instituto Sedes Sapientiae, trazendo importantes contribuições ao debate nessa área. Escritos por profissionais da equipe e por parceiros de percurso de atuação, os textos retratam de forma vívida as conquistas e os desafios daqueles que lutam pelo direito que crianças e adolescentes têm de crescer e viver num ambiente seguro e acolhedor.