ISBN: 9788532309792

JUNHO DE 2013

A sociedade enfrenta o Estado

Organizador(es): Rubens Figueiredo

Autor(es): Bernardo Sorj, Denis Rosenfield, José Nêumanne Pinto, Marcelo S. Tognozzi, Ney Figueiredo, Roberto Macedo, Rogério Schmitt, Rubens Figueiredo, Tulio Kahn

Os movimentos de junho de 2013 foram uma das mais importantes manifestações populares da história brasileira. Além disso, apresentaram um caráter absolutamente inédito. Não tiveram uma causa, como nas diretas‑já e no impeachment de Collor. Não foram convocados por instituições representativas tradicionais, como partidos, sindicatos e grêmios estudantis. E surpreenderam porque não existia no horizonte nada que indicasse uma movimentação social tão intensa. Acompanhar essas manifestações extraordinárias, tentar identificar suas causas, analisar a questão econômica, o papel das redes sociais, as reações das autoridades e a atuação dos jovens na política moderna são os objetivos deste livro, escrito por um time de expressivos intelectuais brasileiros.

Em estoque

R$57,10

ISBN: 9788532309792

Assuntos: ,

Editora: Summus Editorial

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9788532309792
REF: 10979
Edição 1
Ano 2014
Nº de Páginas 160
Peso 0.195 kg
Formato 14 × 21 cm

Rubens Figueiredo

Rubens FigueiredoÉ diretor-geral do Cepac – Pesquisa e Comunicação. Consultor político, pós-graduado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), fez estágio nas principais centrais patronais da França, da Inglaterra e da Espanha. É comentarista da rádio Jovem Pan, associado à World Association for Public Opinion Research (Wapor), fundador e diretor executivo da Associação Brasileira de Consultores Políticos (Abcop), integrante do Centro de Estudos de Opinião Pública da Unicamp (Cesop), conselheiro da Fundação Konrad Adenauer e da Associação Comercial de São Paulo. Escreveu, em parceria com  Fernando Henrique Cardoso, o paper “Reconciling capitalists with democracy: the Brazilian case”, apresentado na Itália e publicado na Inglaterra. Realizou palestras na maioria dos estados brasileiros e em países como França, Alemanha, Moçambique, Argentina, Chile, Peru, México e Venezuela. Colabora regularmente com artigos e declarações na imprensa nacional e internacional.

Bernardo Sorj


Nasceu em Montevidéu, Uruguai, e mora desde 1976 no Brasil, tendo se naturalizado brasileiro. Estudou antropologia e filosofia no Uruguai, cursou o B.A. e M.A. em História e Sociologia na Universidade de Haifa, Israel, e obteve o título de Ph.D. em Sociologia na Universidade de Manchester, Inglaterra. Foi professor de Ciência Política da Universidade Federal de Minas Gerais, do Instituto de Relações Internacionais da PUC/RJ e é professor titular de Sociologia aposentado da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Autor de 26 livros e mais de 100 artigos, ocupou, na qualidade de professor visitante, várias cátedras em universidades europeias e norte-americanas. Entre as mais recentes, destacam-se a Sérgio Buarque de Holanda, da Maison des Sciences de l'Homme, e a cátedra Simón Bolívar, do Institut des HautesÉtudes de l'Amérique Latine, em Paris. Foi eleito Homem de Ideias 2005. Atualmente é diretor do Centro Edelstein de Pesquisas Sociais e do Projeto Plataforma Democrática, e coordenador do SciELOLatin American Social Sciences Journals English Edition.

Denis Rosenfield


É um filósofo brasileiro, escritor, professor universitário e articulista dos jornais O Estado de São Paulo, O Globo e Diário do Comércio. Tem livros e artigos acadêmicos publicados em português, francês e espanhol

José Nêumanne Pinto


É jornalista, poeta e escritor brasileiro, membro da Academia Paraibana de Letras. É comentarista político e econômico no programa diário “Direto ao assunto”, no SBT e da Rádio Jovem Pan, é colunista do jornal O Estado de S. Paulo. Seu bordão jornalístico é: "José Nêumanne Pinto, direto ao assunto". Tem mais de dez livros publicados, entre romances, biografias e poesia, reportagens e ensaios políticos: Mengele, a natureza do mal (romance-reportagem,1985); As tábuas do Sol (coletânea de poemas, 1986); Erundina, a mulher que veio com a chuva (perfil jornalístico e biográfico da ex-prefeita de Sao Paulo Luiza Erundina de Souza, 1989); Atrás do palanque (livro-reportagem sobre os bastidores da eleição presidencial de 1989); Reféns do passado (coletânea de ensaios e artigos políticos publicados na imprensa, 1992); Barcelona, Borborema (livro de poemas sobre a arquitetura de Gaudi e o forró de Campina Grande, 1992); A República na lama (relato do folclore da República de Alagoas e história de sua queda, 1992); Veneno na veia, romance policial sobre o episodio dos “anões do Orçamento”, 1995); Solos do silêncio (poesia reunida, 1996); Os cem melhores poetas brasileiros do século (antologia, 2001); As fugas do Sol (CD em que lê poemas de sua autoria com trilha sonora original do maestro Marcus Vinicius de Andrade, 1999); O silêncio do delator (romance, 2004); e O que sei de Lula (biografia, 2011).

Marcelo S. Tognozzi


É jornalista com pós-graduação em Marketing Político e Gestão de Campanhas Eleitorais pela Graduate School of Political Management, da The George Washington University. Tem grande experiência como consultor na área de relações institucionais. É especialista em novas mídias e marketing político digital. Trabalhou em veículos como Jornal do Commercio, O Globo, Jornal do Brasil, Correio Braziliense, Folha de S.Paulo, O Dia, Veja e IstoÉ. Foi secretário adjunto de Comunicação do governo do Distrito Federal, chefiou a Assessoria Parlamentar do Ministério de Minas e Energia durante o governo Fernando Henrique, coordenou o Departamento de Comunicação Social da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e foi secretário de Imprensa da Presidência do Senado Federal. Em 1996, planejou e implantou a Agência Brasília do governo do Distrito Federal, primeira agência de notícias governamental on-line do Brasil. Nos últimos 14 anos, executou outros dois projetos pioneiros de agências de notícias on-line para a Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Como especialista em novas mídias, desenvolveu diversos trabalhos na área de marketing viral e mobile marketing. Já participou de campanhas de partidos como PDT, PT, DEM, PMDB e de entidades de classe. É autor de Vote certo – A eleição sem complicação e do e-book Manual da campanha digital, além de coautor dos livros Marketing político em tempos modernos e Políticos ao entardecer. Professor do curso de pós-graduação em Marketing e Comunicação Digital do Iesb, é sócio-diretor da A+B Comunicação e RP Digitais, com sede em Brasília.

Ney Figueiredo


Foi consultor das principais entidades empresariais do país por mais de 20 anos: FIESP, CNI, CNIF, FEBRABAN, Fecomércio-SP. Foi um dos idealizadores da UBE-União Brasileira dos Empresários e secretariou o Fórum Informal dos Empresários em São Paulo. Participou da criação da Ação Empresarial, capitaneada por Jorge Gerdau. Assessorou vários governadores como Roberto Magalhães (Pernambuco), Franco Montoro (São Paulo), Albano Franco (Sergipe) e foi responsável por algumas iniciativas de grande sucesso no governo de Fernando Henrique Cardoso. Pertenceu, durante sete anos, ao Conselho da TV Futura, na Fundação Roberto Marinho. Hoje, presta serviços de consultoria a diversas empresas, além de integrar vários conselhos. Participou de alguns episódios mais significativos de disputas empresariais nos últimos 10 anos, como a que aconteceu em 2011 entre o Grupo Casino e Abílio Diniz pelo controle do Pão de Açúcar, e das disputas envolvendo o Grupo Oportunity, de Daniel Dantas, em 2004/5. Além de centenas de artigos publicados na imprensa nacional, tem mais de 15 livros publicados, como autor ou coautor. Entre eles: Diálogos com o Poder (Edit. de Cultura, 2004)) e Empresariado Brasileiro: Política, Economia e Sociedade (Editora de Cultura, 2009).

Roberto Macedo


Economista pela USP e doutor em Economia pela Universidade Harvard. É consultor econômico e de ensino superior, articulista do jornal O Estado de S.Paulo e coordenador do Conselho de Economia da Associação Comercial de São Paulo. Foi professor titular, chefe do departamento de Economia e Diretor da Faculdade de Economia e Administração da USP. No governo federal, foi Secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda e presidente do IPEA.

Rogério Schmitt


É consultor político. Doutor em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), foi professor da Universidade de São Paulo (USP), da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP) e da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (Fesp-SP). Autor de Partidos políticos do Brasil: 1945-2000 (Jorge Zahar, 2000), co-organizou a coletânea Partidos e coligações eleitorais no Brasil (Unesp/Fundação Konrad Adenauer, 2005).

Rubens Figueiredo


É diretor-geral do Cepac – Pesquisa e Comunicação. Consultor político, pós-graduado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (USP), fez estágio nas principais centrais patronais da França, da Inglaterra e da Espanha. É comentarista da rádio Jovem Pan, associado à World Association for Public Opinion Research (Wapor), fundador e diretor executivo da Associação Brasileira de Consultores Políticos (Abcop), integrante do Centro de Estudos de Opinião Pública da Unicamp (Cesop), conselheiro da Fundação Konrad Adenauer e da Associação Comercial de São Paulo. Escreveu, em parceria com  Fernando Henrique Cardoso, o paper “Reconciling capitalists with democracy: the Brazilian case”, apresentado na Itália e publicado na Inglaterra. Realizou palestras na maioria dos estados brasileiros e em países como França, Alemanha, Moçambique, Argentina, Chile, Peru, México e Venezuela. Colabora regularmente com artigos e declarações na imprensa nacional e internacional.

Tulio Kahn


É sociólogo. Conselheiro na Fundação Espaço Democrático, foi tutor máster para o estado de São Paulo da Rede de Ensino a Distância da Secretaria Nacional de Segurança Pública (EAD/Senasp) e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foi coordenador de Análise e Planejamento na Secretaria de Segurança Pública (SSP), diretor do Departamento de Cooperação e Articulação de Segurança Pública (Decaasp – Senasp), no Ministério da Justiça e secretário executivo e coordenador de pesquisa do Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente (Ilanud).

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [125.68 KB]

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “JUNHO DE 2013”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Novo manual de marketing político

Gaudêncio Torquato
R$101,10

Em estoque

Escrito pelo maior especialista brasileiro em marketing político, este manual definitivo reúne todas as informações necessárias para fazer boas campanhas eleitorais e para compreendê-las. Entre os temas abordados estão marketing de governantes e parlamentares, gestão de crises, o marketing no Estado-Espetáculo e os avanços e mudanças ocorridos na última década. Fundamental para estudantes e profissionais.