ISBN: 9788532306425

Psico-oncologia

Caminhos e perspectivas

Autor(es): Carmen M. Bueno Neme

Nesta obra, a psico-oncologia é abordada por meio de três diferentes referenciais teóricos: psicanalítico, fenomenológico e sistêmico. Além disso, apresenta trabalhos realizados com crianças e adultos com câncer, familiares e profissionais de saúde. Destinado a psicooncologistas, estudantes, pesquisadores e profissionais de saúde.

R$94,50

ISBN: 9788532306425

Assuntos: ,

Editora: Summus Editorial

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:

Detalhes do Livro

ISBN 9788532306425
REF: 10642
Edição 1
Ano 2010
Nº de Páginas 288
Peso 0.34 kg
Formato 14 × 21 cm

Carmen M. Bueno Neme


Psicóloga e psicoterapeuta. Livre-Docente em Psicologia Clínica (Unesp/Bauru). Pós-Doutorada (Laboratório de Estudos Psicofisiológicos do Stress, PUC-Campinas); Doutora em Psicologia Clínica (PUC- São Paulo); Mestre em Psicologia Clínica (PUC-Campinas). Especialista em: Psicologia Clínica (PUC-Campinas e CFP); Psicologia Hospitalar (CFP); Psicologia Humanista-Existencial (UB-Sobraphe) e Psicoterapia Breve. É autora de diversos capítulos de livros e publicações na área e organizadora do livro Psico-oncologia - caminhos e perspectivas (Summus Editorial, 2010).

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [65.25 KB]

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Psico-oncologia”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Cuidados paliativos

Diretrizes para melhores práticas
Amilton Silva Junior
Ana Lucia Coradazzi
Andrea Diogo Sala
e mais 26 autores
R$86,80

O conhecimento do ser humano evolui continuamente em todas as áreas. Na medicina, porém, o avanço de uma ampla gama de tecnologias voltadas para o prolongamento da vida – desejo primitivo dos seres humanos – deu lugar à tecnocracia. Esse movimento iludiu leigos (e muitos profissionais) e criou mitos, sobretudo o de que a morte poderia ser vencida. O problema é que essa obstinação terapêutica é hoje, muitas vezes, fonte de sofrimento – e paradoxalmente pode resultar no abreviamento do tempo de vida.Assim, é fundamental resgatar a qualidade do cuidar, não só do ponto de vista biológico, mas também mental e espiritual. Não se trata de abandonar o desenvolvimento tecnológico, mas de integrá-lo à visão plural de cuidado.Partindo desse pressuposto, esta obra – escrita por uma equipe multidisciplinar – se baseia numa prática integrativa, na qual todas as áreas de conhecimento trabalham juntas na busca da melhor qualidade de vida e da dignidade humana. Dividida em 16 capítulos, ela oferece protocolos seguros e eficazes que aliviam os principais sintomas dos pacientes que demandam atenção paliativa e traz uma série de opções de tratamento. Também são abordados temas como plano avançado de cuidados e diretivas antecipadas de vontade, além dos cuidados de fim de vida. Trata-se de uma referência fundamental num campo que está em franco desenvolvimento.