MEDITAÇÃO PODE REDUZIR SINTOMAS DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE

meditação diária pode ajudar algumas pessoas a aliviar a ansiedadedepressão e dor, afirmam pesquisadores da Johns Hopkins University (EUA). O estudo foi publicado online dia 06 de janeiro no JAMA Internal Medicine.

Os autores revisaram 47 estudos anteriores que analisavam o efeito da meditação sobre várias condições, incluindo abuso de substâncias, hábitos alimentares, sono, dor e peso, além de depressão e ansiedade. O trabalho incluiu 3.515 participantes, muitos dos quais receberam cerca de 30 a 40 horas de treinamento em meditação consciente.

Foi encontrada uma melhoria de 5 a 10% nos sintomas de ansiedade em relação aos grupos placebo. Para a depressão, os autores perceberam uma melhora de aproximadamente 10 a 20% nos sintomas em comparação com o grupo placebo. Isso é similar aos efeitos de antidepressivos em populações semelhantes.

O estudo mostrou que a medicação tem um impacto moderado para ansiedade, depressão e dor, mas baixo ou insuficiente para os outros fatores avaliados. A meditação era praticada normalmente durante 30 a 40 minutos por dia.

De acordo com os cientistas, os benefícios eram mais expressivos em pessoas que praticavam meditação com acompanhamento de um profissional ou que fizeram algum curso prévio.

Aproveite os efeitos e conheça os benefícios da meditação

Que tal reservar vinte minutos do seu dia para transformar todas as outras horas em momentos mais leves e relaxantes? De acordo com as pesquisas mais recentes, este é o tempo que você precisa dedicar, diariamente, à meditação para equilibrar o organismo e evitar os riscos do estresse. “Técnicas de meditação são usadas como tratamento complementar para uma série de problemas de saúde, principalmente aqueles com relação emocional”, afirma o médico acupunturista Mário Sérgio Vieira, Coordenador do Comitê de Terapias Complementares do Hospital Israelita Albert Einstein. Estresse, dor crônica, cefaleia, ansiedade, depressão, hipertensão, cardiopatias, câncer e problemas gastrointestinais estão entre os males aliviados com alguns minutos de descanso para a mente.

Publicado originalmente no portal Minha Vida, em 08/01/2014. Para ler na íntegra, acesse:
http://www.minhavida.com.br/bem-estar/galerias/17194-meditacao-pode-reduzir-sintomas-de-depressao-e-ansiedade

***

Quer saber mais sobre o assunto?
Conheça o livro “Medicina e meditação – Um médico ensina a meditar”, do dr. Roberto Cardoso:
50065
Médico há mais de vinte anos e meditador há mais tempo ainda, o autor mostra com precisão várias técnicas de meditação e os seus benefícios para a saúde. Sem qualquer orientação religiosa, filosófica ou moral, trata-se de uma obra para ler, aprender e praticar. Edição revista, atualizada e ampliada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*