RACISMO NÃO

A Revista IstoÉ fez ampla reportagem sobre o episódio que envolveu o jogador de futebol Daniel Alves. Ao comer uma banana jogada por um torcedor, em mais um ato de intolerância nos estádios, o brasileiro desencadeou uma campanha global contra o preconceito racial. A educadora Eliane Cavalleiro, organizadora do livro Racismo e antirracismo na educação (Selo Negro Edições), foi uma das entrevistadas na reportagem. Leia a íntegra: http://goo.gl/IHaf2J

Como integrar a temática racismo ao refletirmos sobre o tipo de educação que queremos? Como o ambiente educacional organiza seu cotidiano para a 40014presença do preconceito, de discriminações raciais diárias? O livro, lançado em 2001, traz, sob diferentes óticas, contribuições de vários autores. São diversos olhares sobre o ambiente da sala de aula, procurando captar os racismos presentes nesse cotidiano. Alguns dos assuntos que nos alertam para uma educação antirracista são a revista especializada em educação, o livro infantil, o tratamento dado à África, entre outros.

O trato pedagógico vai traçando, nas análises, referências à África, aos PCNS (Parâmetros Curriculares Nacionais e Pluralidade Cultural), às questões sobre letramento (entendido aqui como conjunto das práticas e dos usos sociais que envolvem tanto a leitura como a oralidade realizados pelos sujeitos, em distintos conceitos socioculturais), até uma inevitável comparação com o modelo norte-americano que envolve relações raciais e educação.

Autoestima e embranquecer para ser aceito são algumas das polêmicas questões  que nos dão dicas sobre nossa responsabilidade por um ambiente antirracista na escola.

São reflexões construídas por educadores e militantes, na maioria negros. Baseadas na observação sensível desse cotidiano, eles tiram da invisibilidade e do silêncio práticas racistas e contribuem para iniciativas que assumem com responsabilidade uma educação antirracista.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/699/Racismo+e+Anti-Racismo+na+educa%C3%A7%C3%A3o

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*