“LER NÃO É OBRIGAÇÃO”: ENTREVISTA DE FELIPE LINDOSO PARA O JORNAL GAZETA DO POVO

O jornalista, tradutor e consultor Felipe Lindoso, autor do livro O Brasil pode ser um país de leitores? (Summus Editorial), deu ampla entrevista para a série Leitura na Prática, do jornal Gazeta do Povo, de Curitiba. Na matéria, intitulada “Ler não é obrigação”, Lindoso afirma que a leitura é uma atividade lúdica e necessária, mas também é algo tão concreto quanto o mercado da soja. “Parece exagero, mas ao costurar leitura e desenvolvimento, o especialista em políticas públicas criou uma estratégia para fazer do negócio dos livros e da leitura um assunto tão sério quanto os demais”, diz a reportagem. Clique para ler a entrevista na íntegra: http://goo.gl/SVlAL

Com 224 páginas divididas em didáticos 29 capítulos, O Brasil pode ser um país de leitores? é dedicado a autores, editores, livreiros, distribuidores, educadores, profissionais e estudantes de comunicação e leitores. A obra traça um retrato dos caminhos do livro – e seus desafios – até o encontro (ou desencontro) com o leitor e procura desvendar os mistérios e dificuldades do intrincado mundo editorial, em cada uma de suas etapas.

Lindoso utiliza toda a sua história e experiência no mundo editorial para desenhar um mapa fiel da história do livro no Brasil e as principais dificuldades que enfrenta desde a chegada de Dom João VI à então colônia. Com severas críticas à política cultural, ele aponta problemas históricos como a falta de foco das leis de incentivo no acesso aos bens culturais e vaticina uma nova era para os livros e para os próprios brasileiros se a universalização do ensino for acompanhada de implantação de bibliotecas e ações dirigidas à formação de público.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/866/Brasil+pode+ser+um+pa%C3%ADs+de+leitores%C2%A7,+O

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*