ELIANE BIO AUTOGRAFA O LIVRO “O CORPO NO TRABALHO DE PARTO”, NA LIVRARIA DA TRAVESSA, EM RIBEIRÃO PRETO, SP

A Summus Editorial, a Livraria da Travessa e o RibeirãoShopping promovem no dia 25 de setembro, sexta-feira, às 17h, o lançamento do livro O corpo no trabalho de parto, da fisioterapeuta obstétrica Eliane Bio. Antes da sessão de autógrafos, a autora fará um bate-papo com os convidados sobre o tema da obra. O evento faz parte da programação do Projeto Vida Saudável “Edição Gestantes”. A Livraria da Travessa fica no RibeirãoShopping, que fica na Av. Coronel Fernando Ferreira Leite, 1540 – Jd. Califórnia – Ribeirão Preto, São Paulo.

Diante da epidemia atual de cesarianas – que coloca o Brasil numa vergonhosa posição diante de outros países –, um número crescente de mulheres vem buscando recursos que propiciem o resgate do parto normal. Porém, ao longo das últimas décadas, em paralelo à valorização do seu papel social e à capacitação profissional, muitas delas deixam de acreditar nas habilidades naturais do corpo feminino e no próprio poder de dar à luz. Medo de sentir dor, preocupação com o bebê e falta de contato com o próprio corpo são alguns dos obstáculos. No livro , Eliane mostra essencialmente que a mulher é capaz. Partindo de sua experiência de mais de 30 anos como fisioterapeuta obstétrica, ela defende, sem radicalismos, a integração corpo e mente e oferece recursos fundamentais para as mulheres participarem com consciência da experiência do trabalho de parto.

Segundo ela, ao longo das últimas quatro décadas, a assistência ao parto normal foi maciçamente medicalizada e institucionalizada com a introdução de tecnologias, exames complementares e equipamentos para rastrear e prevenir riscos ao binômio materno-fetal. “Isso tudo paralelo a um comportamento cada vez mais passivo da mulher e a um gradual ‘desaprendizado’ em relação aos saberes do próprio corpo”, afirma.

No livro, a fisioterapeuta propõe exatamente o caminho inverso, mostrando o significado do resgate feminino e da capacidade inerente da mulher de parir usando meios próprios e naturais. No primeiro capítulo, “A fisiologia da mulher e a natureza do feminino”, a autora reflete sobre os atributos femininos nesta era de eclosão das biotecnologias, infiltrando as subjetividades femininas contemporâneas de falsos enunciados sobre gestação e parto.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1418/Corpo+no+trabalho+de+parto,+O+

Corpo no trabalho de parto_Shopping Ribeirao

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*