ISBN: 9788532309600

Jornalismo cultural no século 21

Literatura, artes visuais, teatro, cinema, música [A história, as novas plataformas, o ensino e as tendências na prática]

Autor(es): Franthiesco Ballerini

No mercado editorial brasileiro e mundial, existem poucas obras dedicadas ao universo do jornalismo cultural, muito embora ele atraia cada vez mais profissionais e responda por uma fatia importante do faturamento dos veículos de comunicação. Buscando preencher essa lacuna, Franthiesco Ballerini oferece ao leitor um panorama amplo e aprofundado do tema. Partindo de um histórico do surgimento e da consolidação do jornalismo cultural no Brasil e no mundo, o autor mostra como a atuação nesse nicho se consolidou ao longo dos séculos e em seguida mergulha nas principais áreas cobertas por ele: literatura, artes visuais, teatro, cinema e música. Mas não só: atento às mudanças provocadas pelo advento da internet, Ballerini fala sobre os novos universos – como games, gastronomia e moda – e as novas plataformas – portais, redes sociais – em que os jornalistas especializados podem atuar. Contando com entrevistas detalhadas com os jornalistas culturais mais importantes em atividade no Brasil, a obra traz ainda um capítulo sobre o ensino universitário da especialidade e um ensaio sobre as inter-relações entre consumo e cultura.

Em estoque

R$83,70

ISBN: 9788532309600

Assuntos: , ,

Editora: Summus Editorial

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9788532309600
REF: 10960
Edição 1
Ano 2015
Nº de Páginas 224
Peso 0.36 kg
Formato 17 × 24 cm

Franthiesco Ballerini


Franthiesco Ballerini

Franthiesco Ballerini é doutorando em Comunicação Midiática pela Universidade Metodista (Umesp). Foi repórter e crítico do Grupo Estado por oito anos, com reportagens em países como México, Canadá, Estados Unidos, Índia e Argentina. Foi colaborador das revistas Bravo! e Cult, além de colunista cultural da Rádio Eldorado, da TV Gazeta e do Observatório da Imprensa. É autor dos livros Diário de Bollywood; Cinema Brasileiro no Século 21; Jornalismo cultural no século 21; e Poder suave  (soft power), finalista do 60º Prêmio Jabuti na categoria Economia Criativa (todos publicados pela Summus). Fundou, em 2017, a agência Ethos Comunicação & Arte e tem experiência como professor de graduação e pós-graduação em diversas instituições. No cinema, produziu o curta Legacy, para a Giorgio Armani, e o documentário Bollyworld, na Índia. É roteirista e diretor de Nome.

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [209.47 KB]

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Jornalismo cultural no século 21”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Rumos [do] jornalismo cultural

András Szantó
André Vallias
Ángeles García Vargas
e mais 18 autores
R$119,80

Em estoque

Instigante e inovadora, esta obra, produzida em co-edição com o Itaú Cultural, ambiciona divulgar reflexões sobre o jornalismo cultural praticado hoje no Brasil e no exterior por meio de uma série de textos de destacados jornalistas brasileiros e estrangeiros, professores universitários, profissionais das artes e estudantes de jornalismo.Edição de luxo, encadernada e totalmente em quatro cores.

Cinema brasileiro a partir da retomada

Aspectos econômicos e políticos
Marcelo Ikeda
R$75,70

Em estoque

Este livro traça um panorama das políticas públicas para o setor audiovisual, com ênfase nas políticas cinematográficas, dos anos 1990 até 2010. Nesse período, o cinema nacional passou por grandes mudanças, oscilando entre a crise profunda e momentos de incontida euforia. Analisando os períodos de reconstrução, consolidação e reavaliação do modelo estatal, o autor oferece um panorama rico e atual sobre o tema.

Jornalistas-intelectuais no Brasil

Fábio Henrique Pereira
R$72,50

Em estoque

Este livro aborda as relações do jornalismo com o meio intelectual e a história de vida de dez jornalistas-intelectuais, entre eles Adísia Sá, Alberto Dines, Carlos Heitor Cony, Mino Carta e Zuenir Ventura. A obra mostra como eles conciliaram jornalismo, literatura, artes, universidade e militância política e de que forma sua identidade profissional mudou ao longo do tempo. Prefácio de Cremilda Medina.

Literatura nos jornais

A crítica literária dos rodapés às resenhas
Cláudia Nina
R$38,60

Em estoque

Neste livro delicioso e altamente esclarecedor, Cláudia Nina faz relações entre jornalismo e literatura, aborda o surgimento da crítica literária no Brasil, explica o que é a resenha e como evitar armadilhas na hora de produzi-la e analisa o caderno literário de alguns dos maiores jornais do país. Para estudantes de comunicação e literatura e apaixonados por leitura.