ISBN: 9788571831360

Psicodrama em espaços públicos

Práticas e reflexões

Organizador(es): Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler, Regina Fourneaut Monteiro

Autor(es): Ana Maria Fonseca Zampieri, André Marcelo Dedomenico, Antônio C. Cesarino, Ceres Maria Campolim de Almeida, Cida Davoli, Cláudia Clementi Fernandes, Denise Nonoya, Júlia Motta, Marcia Almeida Batista, Maria Alice Vassimon, Maria Célia Malaquias, Marisa Nogueira Greeb, Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler, Marília J. Marino, Natália Giro, Pedro Mascarenhas, Regina Fourneaut Monteiro, Ricardo Guerra Florez, Rosane Rodrigues, Silvamir Alves, Terezinha Tomé Baptista, Valéria Arantes Barcellos, Yvette Datner

Mariângela Wechsler e Regina Monteiro reuniram nesta obra especialistas em grandes grupos para compartilhar suas experiências em espaços públicos. Em 17 artigos, teoria e prática se entrelaçam de forma e didática, fornecendo ferramentas inestimáveis para todos os que pesquisam a área ou trabalham nela. O objetivo é transformar a comunidade e os psicodramatistas em agentes sociais, atores e autores de seus caminhos.

Em estoque

R$64,20

ISBN: 9788571831360

Assuntos: ,

Editora: Editora Ágora

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9788571831360
REF: 20136
Edição 1
Ano 2014
Nº de Páginas 184
Peso 0.3 kg
Formato 17 × 24 cm

Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler

Mariângela Pinto da Fonseca WechslerPsicóloga e doutora em Psicologia Escolar pela Universidade de São Paulo (USP). Psicodramatista, didata e supervisora pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap), com foco socioeducacional e psicoterápico. Coordenadora-geral do Departamento de Psicodrama do Instituto Sedes Sapientiae (DPSedes – gestão 2015-17) e professora de Psicodrama no DPSedes e no convênio entre a Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP) e a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora convidada no Curso de Especialização em Psicologia da Infância promovido pelo setor de saúde mental do departamento de pediatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Especialista em Terapia Familiar pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Participante da coordenação do projeto Psicodrama Público no Centro Cultural São Paulo (CCSP) desde 2004. Membro da diretoria de Ensino e Ciência da Febrap, como coordenadora do Núcleo de Pesquisa nas gestões de 2003 a 2006. Autora de livros e de artigos publicados em revistas especializadas. Atende crianças, adultos, famílias e grupo em consultório de psicoterapia. 

Regina Fourneaut Monteiro

Regina Fourneaut MonteiroPsicóloga formada pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Sedes Sapientiae, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP) em 1966. Especializou‑se em Psicologia Clínica na Clínica Sedes Sapientiae, em 1968. Psicodramatista credenciada pela Asociación Argentina de Psicodrama y Psicoterapia de Grupo (AAPPG). Professora, supervisora e terapeuta pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Pioneira em trabalhos com grandes grupos, realizou mais de 60 psicodramas públicos, tanto em grandes auditórios como em praças e ruas de São Paulo. Membro do grupo de coordenação responsável pela realização dos Psicodramas Públicos no Centro Cultural São Paulo, desde 2004, e coordenadora do grupo de 2011 a 2013. Autora dos livros Jogos dramáticos (Ágora, 1994) e O lúdico nos grupos (Ágora, 2012) e organizadora dos livros Técnicas fundamentais do psicodrama (Ágora, 1998) e Psicodrama em espaços públicos – Práticas e reflexões (Ágora, 2014), com Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler. Também escreveu diversos artigos publicados em livros e revistas especializadas.

Ana Maria Fonseca Zampieri

Pós‑doutorada e mestre em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Doutoranda em Psicologia pela Universidad Del Salvador/Argentina (Usal/ARG) em 2013. Pós‑graduada em Terapia de Casais e Famílias pelo Serviço de Atendimento a Famílias e Casais/Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Sefam‑SP) em 1987 e PUC-SP em 1990. Professora supervisora de Psicodrama pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap, 1982). Fez pós‑graduação em Terapia Sexual pela Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH) em 1990 e pós‑graduação em Psicotrauma pela Sociedade Argentina de Psicotrauma (Sapsi/ARG) em 2006. É terapeuta EMDR‑Dessensibilização e Reprocessamento por meio dos Movimentos Oculares pelo EMDR Institute em 2005. Fez capacitação em Biologia Cultural pela Universidade da Indústria (Unindus) em 2012. É coordenadora científica da Fonseca Zampieri, Assessoria e Desenvolvimento em Educação e Saúde (FZ). Diretora de Ciências e assuntos acadêmicos da Associação Brasileira de Programas de Ajuda Humanitária Psicológica (Abrapahp) e membro da Rede de Eco Bioética da Unesco.

André Marcelo Dedomenico

Médico psiquiatra pela Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (FMB‑Unesp). Psicodramatista pelo Departamento de Psicodrama do Instituto Sedes Sapientiae (DPSedes). Mestre em Psicologia Clínica – Núcleo de Estudos em Subjetividade – pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Integrante da equipe de coordenação dos psicodramas públicos no Centro Cultural São Paulo (CCSP).

Antônio C. Cesarino

Médico pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Residente em Psiquiatria no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Doutor pela Universidade de Heidelberg, na Alemanha e didata pela Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP). Foi professor da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP), da Faculdade de Ciências Médicas e Biológicas de Botucatu (Unesp) e professor auxiliar de Medicina da Santa Casa de São Paulo. Foi coordenador de Saúde Mental da Prefeitura Municipal de São Paulo, supervisor de programas de saúde mental da Prefeitura de Santos, membro do Conselho Regional de Medicina de São Paulo, vice‑presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo e membro da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo.

Ceres Maria Campolim de Almeida

Psicóloga clínica e organizacional. Psicodramatista e supervisora em Psicodrama pela Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP). Especialista em Psicodiagnóstico e Gestão de Organizações sem fins lucrativos.

Cida Davoli

Psicóloga. Psicodramatista, professora, supervisora e terapeuta credenciada pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Coordenadora do projeto Psicodrama Público no Centro Cultural São Paulo (CCSP) de 2003 a 2010. Professora e coordenadora do curso de formação de psicodramatista do Grupo de Estudos e Trabalhos Psicodramáticos (Getep).  

Cláudia Clementi Fernandes

Psicóloga pela Universidade São Marcos (USM). Psicodramatista didata no Instituto Sedes Sapientiae (DPSedes), diretora do Grupo de Teatro Espontâneo Gota D’Água e mestre em Administração de Negócios (MBA) e em Recursos Humanos pela Universidade de São Paulo (USP). Coautora do livro Intervenções grupais. O psicodrama e seus métodos (2012).  

Denise Nonoya

Psicóloga e psicodramatista. Especialista em psicologia social e do trabalho, análise transacional, psicologia clínica e antroposofia e história do negro no Brasil. Possui experiência de 28 anos na área sócio-organizacional, na Universidade do Estado de São Paulo (Unesp), no desenvolvimento de pessoas e na extensão de serviços à comunidade. Desenvolveu projetos, tais como melhoria das condições pessoais para a empregabilidade, sensibilização de educadores ambientais, análise de potencial e orientação de jovens para inserção no mercado de trabalho. Principais instituições nas quais prestou serviços: Unesp, Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho, Secretaria da Educação, Secretaria do Meio Ambiente, Ministério do Meio Ambiente, entre outras. Experiência no magistério de ensino médio e superior. Professora convidada do convênio Sopsp-PUC. Coordenadora do Curso de Educação Continuada em Psicodrama da Sociedade de Psicodrama de São Paulo. Atualmente, atua em clínica psicoterápica, no atendimento de adolescentes e adultos, individual e em grupo. Contato: deninonoya@gmail.com

Júlia Motta

Nasceu na pequena cidade de São Geraldo, no estado de Minas Gerais. Vinda de uma família de sete irmãos, cresceu entre trabalhadores rurais, cortadores de cana, ferroviários, professoras primárias e alguns intelectuais. Seu primeiro trabalho voluntário na adolescência foi o de professora de alfabetização de adultos. Formou-se psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, passando a trabalhar em psicologia social e clínica. Na década de 1990 começou a se perguntar por que aumentava o número de pessoas que estavam adoecendo com queixas do trabalho. Com essa motivação, fez seu doutorado em Saúde Coletiva, na Unicamp, pesquisando a área de sociologia da saúde na interface entre psicologia, sociologia, história e economia. Júlia é psicodramatista e professora supervisora pela Febrap no Instituto de Psicodrama e Psicoterapia de Grupo de Campinas (IPPGC). É autora dos livros: O jogo no psicodrama, Jogos: repetição ou criação?, A psicologia e o mundo do trabalho no Brasil – Relações, história e memória, Psicodrama brasileiro – Histórias e memórias, co-autora na coletânea Laços amorosos – Terapia de casal e psicodrama e uma das organizadoras do livro Psicodrama - ciência e arte,  todos da editora Ágora.

Marcia Almeida Batista

Psicóloga. Psicodramatista. Doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Diretora adjunta da Faculdade de Ciências Humanas e Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Membro da equipe de coordenação dos psicodramas públicos no Centro Cultural São Paulo (CCSP).

Maria Alice Vassimon

Educadora e psicoterapeuta. Formação em Psicodrama e Sociodrama em 1972. Formação em Vegetoterapia Caractero Analítica em 1990. Foi fundadora do Grupo de Estudos e Trabalhos Psicodramáticos (Getep) em 1973, onde trabalha até a presente data. Fundadora do curso de Psicopedagogia do Instituto Sedes Sapientiae que coordenou por seis anos. Especialista em Terapia de Adultos e Casais. Supervisora de profissionais nas áreas de Educação e Psicoterapia e membro da equipe de coordenação da Escola Contemporânea de Orgonomia e Somatopsicodinâmica (Ecos).

Maria Célia Malaquias

Psicóloga, psicoterapeuta, psicodramatista didata supervisora pela Sopsp e diretora de psicodrama pelo Instituto J. L. Moreno. Mestre em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Coautora dos livros: Gostando mais de nós mesmos: perguntas e respostas sobre autoestima e questões raciais; Religiões: tolerância e igualdade no espaço da diversidade; Mulher século XXI; Intervenções grupais: o psicodrama e seus métodos; Psicodrama em espaços públicos: práticas e reflexões; O racismo e o negro no Brasil: questões para a psicanálise. Pesquisadora sobre psicodrama e relações raciais. Presidente da Sociedade de Psicodrama de São Paulo (Sopsp) nas gestões 2007-2008 e 2009-2010. Atual vice-presidente e coordenadora-geral de ensino da Sopsp. Contato: mcmalaquias@uol.com.br

Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler

Psicóloga e doutora em Psicologia Escolar pela Universidade de São Paulo (USP). Psicodramatista, didata e supervisora pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap), com foco socioeducacional e psicoterápico. Coordenadora-geral do Departamento de Psicodrama do Instituto Sedes Sapientiae (DPSedes – gestão 2015-17) e professora de Psicodrama no DPSedes e no convênio entre a Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP) e a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Professora convidada no Curso de Especialização em Psicologia da Infância promovido pelo setor de saúde mental do departamento de pediatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Especialista em Terapia Familiar pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Participante da coordenação do projeto Psicodrama Público no Centro Cultural São Paulo (CCSP) desde 2004. Membro da diretoria de Ensino e Ciência da Febrap, como coordenadora do Núcleo de Pesquisa nas gestões de 2003 a 2006. Autora de livros e de artigos publicados em revistas especializadas. Atende crianças, adultos, famílias e grupo em consultório de psicoterapia.  

Marília J. Marino

Doutora em Psicologia Clínica e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Pedagoga com habilitação em Magistério, Orientação Educacional e Supervisão Escolar. Especialista em Supervisão Escolar pela PUC‑SP e docente da Faculdade de Educação. Psicodramatista, didata e supervisora pela Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP), membro da coordenação e docente do curso de formação em Psicodrama do convênio SOPSP‑PUC‑SP (pós‑graduação latu sensu/especialização). Membro da diretoria de Ensino e Ciência da Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap) e do núcleo de formação nas gestões 2003‑2004 e 2005‑2006. Integrante da comissão científica de vários congressos de Psicodrama, respondeu no congresso de 2010 pela coordenação da atividade Em cena do Brasil. Membro da Câmara de Representantes em várias gestões e atual vice‑presidente da SOPSP. Atuação socioeducacional em escolas, diferentes organizações e comunidades. Publicações na Revista Brasileira de Psicodrama.

Marisa Nogueira Greeb

Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 1961 (PUC‑SP). Pós‑graduada em Psicologia Educacional. Sociodramatista, diretora, sócia e fundadora da 1ª Escola de Psicodrama Pedagógico e Sociopsicodrama “Role-playing, pesquisa e aplicação Ltda.”, em 1971. Tem 40 anos de experiência como consultora empresarial e de relações em todos os segmentos sociais, com “notório saber” pela Prefeitura de São Paulo desde 1990. Coordenadora do Psicodrama da Cidade de São Paulo e mentora do Sociodrama Público da América Latina com participação de 15 países da América e da Europa. Tem vários artigos publicados em livros e revistas nacionais e internacionais.

Natália Giro

Psicodramatista didata, Arte‑educadora e atriz, é professora de Teatro e Psicodrama da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP) e da Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP). Vice‑presidente e ex‑diretora de comunicação da SOPSP (gestão 2013-2014), coordena os professores‑tutores do Colégio Santa Amália (SP) desde 2011, auxiliando na elaboração, no desenvolvimento e na execução de projetos sobre relações interpessoais e desenvolvimento escolar dos anos do fundamental II e ensino médio. Oferece atendimentos e supervisões, individuais e grupais, para desenvolvimento e aperfeiçoamento do papel profissional para adultos, orientação profissional a adolescentes e apoio escolar a crianças e adolescentes.

Pedro Mascarenhas

Médico, psiquiatra, psicodramatista e psicanalista. Coordenador de ensino do curso de Psicodrama da Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP) em parceria com a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP), gestão 2013 a 2015; membro do grupo de coordenação dos Psicodramas Públicos no Centro Cultural São Paulo, desde 2004; membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae. Autor de vários artigos publicados, atua em clínica psicoterápica individual e grupal desde 1973. .  

Regina Fourneaut Monteiro

Regina Fourneaut Monteiro

Psicóloga formada pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras Sedes Sapientiae, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP) em 1966. Especializou‑se em Psicologia Clínica na Clínica Sedes Sapientiae, em 1968. Psicodramatista credenciada pela Asociación Argentina de Psicodrama y Psicoterapia de Grupo (AAPPG). Professora, supervisora e terapeuta pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Pioneira em trabalhos com grandes grupos, realizou mais de 60 psicodramas públicos, tanto em grandes auditórios como em praças e ruas de São Paulo. Membro do grupo de coordenação responsável pela realização dos Psicodramas Públicos no Centro Cultural São Paulo, desde 2004, e coordenadora do grupo de 2011 a 2013. Autora dos livros Jogos dramáticos (Ágora, 1994) e O lúdico nos grupos (Ágora, 2012) e organizadora dos livros Técnicas fundamentais do psicodrama (Ágora, 1998) e Psicodrama em espaços públicos – Práticas e reflexões (Ágora, 2014), com Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler. Também escreveu diversos artigos publicados em livros e revistas especializadas.

Ricardo Guerra Florez

Arquiteto, psicodramatista e gestor de processos grupais participativos. Atua também com projetos de aeroportos, design de aeronaves, programas de imagem corporativa, pesquisas em patrimônio histórico, cultural e tecnológico, relações internacionais, comunicação visual, computação gráfica e piloto privado.

Rosane Rodrigues

Psicóloga, psicodramatista, supervisora didatanos focos socioeducacional e psicoterápico. Mestre e doutora em Artes Cênicas. Psicoterapeuta de grupo e individual. Diretora e ego-atriz de teatro de reprise. Coautora em várias publicações como livros e jogos de tabuleiro, autora de diversos artigos em revistas especializadas em Sociopsicodrama. Integrante da equipe de coordenação dos Sociopsicodramas Públicos no Centro Cultural São Paulo (CCSP). Professora de formação em Psicodrama e Teatro no Departamento do Instituto Sedes Sapientiae (DPSedes).

Silvamir Alves

Psicólogo, psicodramatista, supervisor didata credenciado pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Mestre em Psicologia Social. Professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás/Sociedade Goiana de Psicodrama (PUC‑GO/Sogep). Presidente da Sociedade Goiana de Psicodrama, gestões 2002‑2010 e 2013‑2014.

Terezinha Tomé Baptista

 Psicóloga, psicoterapeuta, psicodramatista e supervisora didatanos focos psicoterápicos e socioeducacional. Docente e supervisora de formação em psicodrama níveis I, II e III no Instituto Sedes Sapientiae e docente convidada em outras instituições. Membro da equipe de coordenação dos psicodramas públicos no Centro Cultural São Paulo (CCSP). Coautora do livro Sociodrama: um método, diferentes procedimentos (Ágora, 2010).

Valéria Arantes Barcellos

Psicóloga clínica. Psicodramatista didata, professora e supervisora credenciada pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Docente da Sociedade de Psicodrama de São Paulo (SOPSP), onde ministra aulas de psicodrama e teatro. Diretora de psicodrama público, teatro espontâneo e teatro de reprise. Membro da equipe de coordenação dos psicodramas públicos no Centro Cultural São Paulo (CCSP).

Yvette Datner

Yvette Datner

Especialista em Psicodrama. Consultora de empresas com atuação em comportamento organizacional e gestão de mudanças. Pedagoga com licenciatura em Educação e pós‑graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP). Há 16 anos é professora e supervisora no curso de pós‑graduação. Formação em Psicodrama do convênio entre a Sociedade de Psicodrama de São Paulo e a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (SOPSP-PUC‑SP). Autora e coautora de seis livros sobre jogos, grupos e psicodrama. Trabalhos científicos apresentados em congressos no Brasil e no exterior.

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [117.60 KB]

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Psicodrama em espaços públicos”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar de…

Jogos para educação empresarial

Jogos, jogos dramáticos, role-playing, jogos de empresa
Yvette Datner
R$51,00

Em estoque

Experiente consultora de treinamento e desenvolvimento profissional, a autora é uma grande expert em jogos para grupos. Aqui ela reuniu 32 sugestões de atividades para a saúde relacional, grupal e organizacional. Várias delas são inéditas e foram criadas por ela própria. O livro tem caráter prático e teórico, explicando os porquês e os comos com muita clareza. Instrumento imprescindível para quem trabalha com grupos.

Psicodrama público na contemporaneidade

Cenários brasileiros e mundiais
André Marcelo Dedomenico
Ângelo Borim
Anna Maria Knobel
e mais 12 autores
R$65,70

Em estoque

Nesta obra, Mariângela Pinto da Fonseca Wechsler e Regina Fourneaut Monteiro reúnem especialistas em grandes grupos para compartilhar suas experiências com psicodramas públicos realizados no Brasil e no exterior e refletir sobre elas. No encontro entre profissionais e comunidade, propostas coletivas, inseridas num contexto cultural e social, podem ser vividas e pensadas na esteira da utopia moreniana, que aponta nossa corresponsabilidade diante da realidade que vivemos. Obra indicada a todos os profissionais que trabalham em e com grupos, sobretudo àqueles que, utilizando a metodologia psicodramática, dedicam-se ao resgate da cidadania e à concretização da liberdade e da igualdade democráticas.

Grupos

Intervenção socioeducativa e método sociopsicodramático
Heloisa Junqueira Fleury
Marlene Magnabosco Marra
R$74,50

Em estoque

Neste livro, diversos profissionais relatam suas experiências sociopsicodramáticas segundo a visão socioeducativa. Mostram que a intervenção abre a possibilidade de ampliar o conhecimento e a consciência dos participantes, além de permitir que os limites sejam transformados em desafios. Para profissionais que trabalham com grupos e têm como meta a saúde social e o fortalecimento das relações interinstitucionais.

Agente social que transforma, O

O Sociodrama na Organização de Grupos
Marlene Magnabosco Marra
R$64,20

Em estoque

Uma amostragem clara e objetiva do uso do sociodrama na formação de pessoas capazes de promover o resgate da cidadania e dos Direitos Humanos. A autora descreve trabalhos que permitiram a boa comunicação entre conselheiros tutelares e famílias, tendo como resultado o surgimento de multiplicadores. Para profissionais das áreas de psicologia, educação, saúde e serviço social.

Intervenções grupais nos direitos humanos

Antonia Lucia Ribeiro Freitas
Cida Davoli
Cristiene Gama Tenório
e mais 5 autores
R$57,10

Em estoque

Experiências diversas foram aqui reunidas mostrando trabalhos que conduzem a uma nova consciência de responsabilidade ao se viver em grupo e dos modos de intervir nas relações e na prática de cidadania. Para profissionais das áreas de saúde, psicologia, serviço social, educação e terceiro setor, entre outros.

Teatro de reprise

Improvisando com e para grupos
Rosane Rodrigues
R$78,90

Em estoque

Esta obra integra as linguagens do teatro e do psicodrama para contar a trajetória de uma modalidade brasileira relativamente pouco estudada, que interage com o público de maneira improvisada, gerando real interlocução entre palco e plateia: o Teatro de Reprise. Também reflete sobre como acontece o processo de transformação, o aprofundamento de temas e até a aprendizagem mútua, na coconstrução e corresponsabilização propiciadas pela metodologia, por meio da mobilização do coconsciente e do coinconsciente grupais.

100 Jogos para Grupos

Uma abordagem psicodramática para empresas, escolas e clínicas
Ronaldo Yudi K. Yozo
R$65,70

Em estoque

Este é um instrumento de trabalho indispensável para qualquer profissional que trabalha com grupos, nas áreas referidas. Seu autor, psicodramatista com experiência em várias frentes, não se limita a listar cem jogos aleatoriamente. Ele os classifica de acordo com o momento do grupo, sendo, portanto, extremamente didático. A paginação cuidadosa também facilita sua utilização como obra de consulta rápida e eficiente.

Intervenções grupais

O psicodrama e seus métodos
André Marcelo Dedomenico
Andréa Claudia de Souza
Anna Maria Knobel
e mais 13 autores
R$98,00

Em estoque

Este livro aborda a dinâmica de diversos tipos de grupo e oferece métodos para intervir em conflitos. O foco são métodos socioterapêuticos de ação com o objetivo de amenizar o sofrimento coletivo, fomentar o diálogo empático em famílias, instituições, escolas, empresas e contribuir para a justiça. Traz ainda reflexões sobre práticas relacionadas à psicoterapia psicodramática grupal, ao sociodrama e aos jogos dramáticos.