‘BENEFÍCIOS FÍSICOS DA MEDITAÇÃO’

O médico Roberto Cardoso, autor de Medicina e meditação,da MG Editores, fala em seu novo vídeo sobre os benefícios da meditação para a saúde física. Assista.

Visite o site do autor: https://www.robertocardoso.net

Conheça o livro:

MEDICINA E MEDITAÇÃO
Um médico ensina a meditar

Médico há mais de vinte anos e meditador há mais tempo ainda, o autor mostra com precisão várias técnicas de meditação e os seus benefícios para a saúde. Sem qualquer orientação religiosa, filosófica ou moral, trata-se de uma obra para ler, aprender e praticar. Edição revista, atualizada e ampliada.

 

Assista aos vídeos anteriores:

‘Alguns desacertos conceituais com meditação’: https://www.gruposummus.com.br/blog/?p=7393
“O que é meditação”: http://www.gruposummus.com.br/blog/?p=7331
“O que não é meditação”: http://www.gruposummus.com.br/blog/?p=7280

‘YOGA, MEDITAÇÃO E MUSICOTERAPIA AGORA SERÃO OFERECIDAS NO SUS’

Portaria do Ministério da Saúde publicada hoje (28) no Diário Oficial da União inclui na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares as seguintes práticas: arteterapia, ayurveda, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa e yoga.

De acordo com o texto, a pasta levou em consideração o fato de a Organização Mundial da Saúde preconizar o reconhecimento e a incorporação das chamadas medicinas tradicionais e complementares nos sistemas nacionais de saúde de seus países-membros.

Outro aspecto importante, segundo o ministério, é que diversas categorias profissionais no país reconhecem as práticas integrativas e complementares como abordagem de cuidado. Diversos Estados e municípios, inclusive, já têm este tipo de prática instituída em sua rede de saúde.

Texto de Paula Laboissière, da Agência Brasil, publicado no UOl em 28/03/2017. Veja amatéria na íntegra em https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2017/03/28/ministerio-da-saude-incorpora-yoga-reiki-e-meditacao-ao-sus.htm

***

Para saber mais sobre medicina integrativa, conheça:

50061MEDICINA INTEGRATIVA
A cura pelo equilíbrio
Autor: Paulo de Tarso Lima

Praticada em grandes hospitais e universidades do mundo todo, a medicina integrativa vê o paciente como um todo, inter-relacionando sintomas, qualidade de vida e alimentação. O objetivo não é apenas curar, mas tornar o paciente ativo em sua recuperação e transformar seus hábitos para melhor. Escrito por um dos maiores especialistas da área, o livro traz informações sobre os tratamentos, a filosofia e os resultados da medicina integrativa.

LEIA REPORTAGEM SOBRE MEDICINA INTEGRATIVA NA REVISTA GALILEU

A edição de fevereiro da Revista Galileu traz uma reportagem de capa sobre medicina integrativa. De acordo com a matéria, os tratamentos alternativos, adotados por hospitais no mundo todo e incluídos no SUS, são cada vez mais estudados e aceitos pela ciência. Leia a íntegra da reportagem: http://goo.gl/r4VV0

No livro Medicina integrativa – A cura pelo equilíbrio (MG Editores), o médico Paulo de Tarso Lima, um dos entrevistados na reportagem e um dos maiores especialistas brasileiros da área, reúne informações sobre os tratamentos, a filosofia e os resultados concretos dessa prática. A medicina integrativa vê o paciente como um todo, inter-relacionando sintomas, qualidade de vida e alimentação. O objetivo não é apenas curar, mas tornar o paciente ativo em sua recuperação e transformar seus hábitos para melhor.

Pioneiro no mercado editorial brasileiro, o livro mostra que, apesar dos fabulosos avanços dos últimos cem anos, a medicina convencional ainda não consegue tratar a doença e, ao mesmo tempo, prevenir seu surgimento. “É para equilibrar essa situação que surge a medicina integrativa, que se pauta pela união dos avanços científicos com as terapias e práticas complementares cujas evidências comprovem sua segurança e eficácia”, afirma o médico.

No livro, o autor aborda os conceitos que norteiam a prática e oferece dicas que podem ser adotadas e seguidas em qualquer momento do dia. São exercícios de relaxamento para a consciência corporal e para o cultivo da atenção plena; apresentação de uma pirâmide alimentar anti-inflamatória; demonstração de como montar um prato colorido e rico em nutrientes; informações sobre a relação entre alimentação e câncer; comparação entre alimentos orgânicos e não orgânicos; e sugestões para diminuir o nível de estresse. A mudança na dieta, a recomendação de atividades físicas, redução de estresse, terapias de corpo e mente ou uso de técnicas da medicina tradicional chinesa são diretrizes da medicina integrativa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1193/Medicina+integrativa

REVISTA BONS FLUIDOS TRAZ ENTREVISTA COM AUTOR DO LIVRO “MEDICINA INTEGRATIVA”

A edição de dezembro da revista Bons Fluidos deu destaque para o livro Medicina integrativa – A cura pelo equilíbrio, da MG Editores. Em entrevista a reportagem, intitulada “Medicina da sensibilidade”, o médico Paulo de Tarso Lima, autor da obra, afirma que “a medicina está resgatando o seu papel original, que é o de cuidar”. Leia na íntegra: http://bit.ly/UhmHct

Praticada em grandes hospitais e universidades, a medicina integrativa está em ascensão em todo o mundo ocidental. Trata-se de uma abordagem médica orientada para a cura do paciente como um todo, visando saúde, qualidade de vida e autocuidado. O objetivo não é apenas curar o paciente, mas estimulá-lo a melhorar seus hábitos e a ter papel ativo em sua recuperação. Partindo da história de vida, dos hábitos e da análise meticulosa da saúde daquele indivíduo específico, o médico que adota a abordagem integrativa propõe o plano mais adequado para ele – sempre tomando por base uma visão ampla de saúde e cura. No livro, o autor, um dos maiores especialistas brasileiros da área, reúne informações sobre os tratamentos, a filosofia e os resultados concretos dessa prática.

Pioneira no mercado editorial brasileiro, a obra mostra que, apesar dos fabulosos avanços dos últimos cem anos, a medicina convencional ainda não consegue tratar a doença e, ao mesmo tempo, prevenir seu surgimento. “É para equilibrar essa situação que surge a medicina integrativa, que se pauta pela união dos avanços científicos com as terapias e práticas complementares cujas evidências comprovem sua segurança e eficácia”, afirma o médico.

No livro, o autor aborda os conceitos que norteiam a prática e oferece dicas que podem ser adotadas e seguidas em qualquer momento do dia. São exercícios de relaxamento para a consciência corporal e para o cultivo da atenção plena; apresentação de uma pirâmide alimentar anti-inflamatória; demonstração de como montar um prato colorido e rico em nutrientes; informações sobre a relação entre alimentação e câncer; comparação entre alimentos orgânicos e não orgânicos; e sugestões para diminuir o nível de estresse. A mudança na dieta, a recomendação de atividades físicas, redução de estresse, terapias de corpo e mente ou uso de técnicas da medicina tradicional chinesa são diretrizes da medicina integrativa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1193/Medicina+integrativa

ESTADÃO DESTACA O LIVRO “MEDICINA INTEGRATIVA”

O blog da jornalista Simone Iwasso, publicado no Estadão.com, deu destaque para o livro Medicina integrativa – A cura pelo equilíbrio (MG Editores), do médico Paulo de Tarso Lima. Em artigo, com entrevista do autor, ela afirma que a comunidade médica já começa a perceber a necessidade de atender o paciente de forma integral. Leia o artigo na íntegra: http://goo.gl/h6DvJ

Praticada em grandes hospitais e universidades, a medicina integrativa está em ascensão em todo o mundo ocidental. Trata-se de uma abordagem médica orientada para a cura do paciente como um todo, visando saúde, qualidade de vida e autocuidado. O objetivo não é apenas curar o paciente, mas estimulá-lo a melhorar seus hábitos e a ter papel ativo em sua recuperação. Partindo da história de vida, dos hábitos e da análise meticulosa da saúde daquele indivíduo específico, o médico que adota a abordagem integrativa propõe o plano mais adequado para ele – sempre tomando por base uma visão ampla de saúde e cura.

Pioneiro no mercado editorial brasileiro, o livro mostra que, apesar dos fabulosos avanços dos últimos cem anos, a medicina convencional ainda não consegue tratar a doença e, ao mesmo tempo, prevenir seu surgimento. “É para equilibrar essa situação que surge a medicina integrativa, que se pauta pela união dos avanços científicos com as terapias e práticas complementares cujas evidências comprovem sua segurança e eficácia”, afirma o médico.

Assista o vídeo:

No livro, o autor aborda os conceitos que norteiam a prática e oferece dicas que podem ser adotadas e seguidas em qualquer momento do dia. São exercícios de relaxamento para a consciência corporal e para o cultivo da atenção plena; apresentação de uma pirâmide alimentar anti-inflamatória; demonstração de como montar um prato colorido e rico em nutrientes; informações sobre a relação entre alimentação e câncer; comparação entre alimentos orgânicos e não orgânicos; e sugestões para diminuir o nível de estresse. A mudança na dieta, a recomendação de atividades físicas, redução de estresse, terapias de corpo e mente ou uso de técnicas da medicina tradicional chinesa são diretrizes da medicina integrativa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1193/Medicina+integrativa