SUMMUS LANÇA “HARMONIZE SEU SISTEMA CRANIOSSACRAL”

Quantas vezes ignoramos o “chamado interno” que diz: você precisa relaxar? Cedo ou tarde, esse comportamento pode trazer consequências sérias, como problemas nas costas, distúrbios crônicos de sono e até ataques cardíacos. Por isso, o movimento pendular natural entre tensão e relaxamento nunca deve ser negligenciado por muito tempo. No livro Harmonize seu sistema craniossacral – Toques suaves para a saúde e o bem-estar, lançamento da Summus Editorial, o terapeuta suíço Daniel Agustoni explica as bases de uma técnica que utiliza o poder do toque suave como catalisador do relaxamento. São exercícios que promovem a autorregulação, a defesa imunológica e a regeneração do corpo.

De forma didática, Agustoni oferece referências precisas para que o leitor possa aplicar os tratamentos e os exercícios em si mesmo. Complexo e intrincado, o sistema craniossacral é formado por ossos, por estruturas do sistema nervoso central e pelo fluido cerebroespinhal. Qualquer desequilíbrio em um desses componentes pode abalar todo o corpo. Já a harmonização desses elementos produz relaxamento e bem-estar.

Entre os benefícios do tratamento craniossacral estão: aumento da concentração e da capacidade de aprendizagem; melhora na circulação do sangue no cérebro; diminuição da tensão no crânio e nas vértebras cervicais; melhora do sistema endócrino e de outras funções corporais; amenização de problemas como asma, pressão alta, depressão, dores musculares, distúrbios do sono e enxaqueca.

Publicado em diversos países – como Alemanha, Estados Unidos, Holanda, Hungria e Japão –, a obra é totalmente ilustrada com fotografias detalhadas. Traz também um resumo dos tratamentos de A a Z e termos e definições imprescindíveis para aplicar o conhecimento adquirido.

Originada da osteopatia craniana, a terapia craniossacral se desenvolveu de forma independente nas últimas décadas. Cada vez mais fisioterapeutas, massagistas, terapeutas alternativos, parteiras e outros profissionais se especializam em terapia craniossacral. Ela é aplicada em diversos contextos como, por exemplo, na reabilitação e no cuidado de doentes, idosos e pacientes terminais. O tratamento craniossacral age no sistema em lugar dos sintomas, sendo particularmente eficaz porque estimula o poder de autocura do corpo e, em consequência, diminui ou dissolve os bloqueios físicos.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro//Harmonize+seu+sistema+craniossacral

ESTADÃO DESTACA O LIVRO “MEDICINA INTEGRATIVA”

O blog da jornalista Simone Iwasso, publicado no Estadão.com, deu destaque para o livro Medicina integrativa – A cura pelo equilíbrio (MG Editores), do médico Paulo de Tarso Lima. Em artigo, com entrevista do autor, ela afirma que a comunidade médica já começa a perceber a necessidade de atender o paciente de forma integral. Leia o artigo na íntegra: http://goo.gl/h6DvJ

Praticada em grandes hospitais e universidades, a medicina integrativa está em ascensão em todo o mundo ocidental. Trata-se de uma abordagem médica orientada para a cura do paciente como um todo, visando saúde, qualidade de vida e autocuidado. O objetivo não é apenas curar o paciente, mas estimulá-lo a melhorar seus hábitos e a ter papel ativo em sua recuperação. Partindo da história de vida, dos hábitos e da análise meticulosa da saúde daquele indivíduo específico, o médico que adota a abordagem integrativa propõe o plano mais adequado para ele – sempre tomando por base uma visão ampla de saúde e cura.

Pioneiro no mercado editorial brasileiro, o livro mostra que, apesar dos fabulosos avanços dos últimos cem anos, a medicina convencional ainda não consegue tratar a doença e, ao mesmo tempo, prevenir seu surgimento. “É para equilibrar essa situação que surge a medicina integrativa, que se pauta pela união dos avanços científicos com as terapias e práticas complementares cujas evidências comprovem sua segurança e eficácia”, afirma o médico.

Assista o vídeo:

No livro, o autor aborda os conceitos que norteiam a prática e oferece dicas que podem ser adotadas e seguidas em qualquer momento do dia. São exercícios de relaxamento para a consciência corporal e para o cultivo da atenção plena; apresentação de uma pirâmide alimentar anti-inflamatória; demonstração de como montar um prato colorido e rico em nutrientes; informações sobre a relação entre alimentação e câncer; comparação entre alimentos orgânicos e não orgânicos; e sugestões para diminuir o nível de estresse. A mudança na dieta, a recomendação de atividades físicas, redução de estresse, terapias de corpo e mente ou uso de técnicas da medicina tradicional chinesa são diretrizes da medicina integrativa.

Para saber mais sobre o livro, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/1193/Medicina+integrativa