ISBN: 9788571833104

Pedagogia psicodramática

Uma proposta de metodologia ativa de Maria Alicia Romaña

Organizador(es): Maisa Helena Altarugio, Maria Aparecida Fernandes Martin

Autor(es): Alcione Ribeiro Dias, Camila Tyrrell Tavares, Cristiane Tavares Romano, Cristina Jorge Dias, Elisabeth L. Bez Chleba, Gisele da Silva Baraldi, Julio Cesar Valentim, Lúcio Guilherme Ferracini, Maisa Helena Altarugio, Maria Aparecida Fernandes Martin, Marly Unello Rosinha, Neide Feijó, Norival Albergaria Cepeda, Sara de Sousa, Sônia da Cunha, Sônia da Cunha Urt

Organizado por Maria Aparecida Fernandes Martin e Maisa Helena Altarugio, este livro visa divulgar o trabalho da psicodramatista argentina Maria Alicia Romaña, que desenvolveu a pedagogia psicodramática. Os três primeiros capítulos resgatam aspectos históricos e conceituais do psicodrama e da pedagogia psicodramática, versando sobre a relação de J. L. Moreno com a educação, aspectos da vida e da obra de Romaña e os diálogos possíveis entre a pedagogia psicodramática e as metodologias ativas. Os onze capítulos restantes refletem sobre experiências realizadas pelos autores, que, como diretores, deixaram marcas reais, simbólicas e imaginárias no público que as vivenciou. Alguns dos assuntos abordados são: o papel social e psicodramático do professor; o método educacional psicodramático e o protagonismo do educando; o jogo dramático como instrumento na sala de aula; o papel do professor na produção de uma consciência crítica; a pedagogia psicodramática como metodologia ativa na formação de professores; jogos dramáticos nas aulas online; o role-playing como proposta pedagógica; o sociodrama como facilitador do desenvolvimento do papel profissional, e a neurociência e o aprendizado com psicodrama. Por fim, como sugerido por Maria Alicia, em nome da construção coletiva do conhecimento, o leitor é convidado a compartilhar suas experiências, impressões e sentimento sobre a obra.

R$81,80

ISBN: 9788571833104

Assuntos: , ,

Editora: Editora Ágora

Se preferir, compre este livro nos sites de nossos parceiros abaixo:



Detalhes do Livro

ISBN 9788571833104
REF: 20310
Edição 1
Ano 2022
Nº de Páginas 200
Peso 0,339 kg
Formato 0,90 × 17 × 27 cm

Maisa Helena Altarugio

Maisa Helena AltarugioFormada em Química e doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Docente, formadora de professores e pesquisadora na Universidade Federal do ABC (UFABC). Psicodramatista didata e docente do curso de formação da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS) com foco socioeducacional. Ganhadora do prêmio Febrap 2020.

Maria Aparecida Fernandes Martin

Maria Aparecida Fernandes MartinPsicóloga, mestra e doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Psicodramatista didata supervisora pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS). Professora e supervisora do curso de Psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professora, supervisora e diretora de ensino da ABPS. Membro do Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade (Mackenzie‑SP). Foi membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Jô Clemente (Apae de São Paulo). Coautora do livro Masp 1970 – O psicodrama (Ágora, 2010). Atua principalmente nos temas grupos, vulnerabilidade social, clínica psicológica, desenvolvimento infantil, formação em saúde, psicodrama e sociodrama.

Alcione Ribeiro Dias


Alcione Ribeiro Dias

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Psicodramatista didata supervisora pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Psicóloga pela Fundação Mineira de Educação e Cultura (Fumec). Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho e consultora do campo organizacional e socioeducacional desde 1985. Vice‑presidente da Associação Entre Nós (MS), coordenadora pedagógica da Escola de Psicodrama Entre Nós e professora de Pedagogia Psicodramática e Metodologias Socionômicas. Coautora de livros e artigos sobre educação e psicodrama. Traduziu o último livro de Maria Alicia Romaña: Pedagogia psicodramática e educação consciente.

Camila Tyrrell Tavares


Camila Tyrrell Tavares

Filha de uma psicóloga e de um astrofísico, mistura cheia de temperos que resultou em alegria pela vida, curiosidade, gosto pela ciência e amor pelo ser humano. Farmacêutica bioquímica (Universidade Paulista – Unip) por formação, psicodramatista didata (Associação Brasileira de Psicodrama e sociodrama – ABPS) por paixão, educadora e atriz de teatro por amor, é graduanda em Psicologia (Unip). Atua como facilitadora de grupos desde 2003 em ações de desenvolvimento humano e aprendizagem, com base na socionomia de Jacob Levy Moreno, na andragogia e na neurociência. Atualmente, está à frente do DC Grupo de Teatro Espontâneo, que se dedica ao estudo da modalidade teatro debate no formato proposto por Moysés Aguiar.

Cristiane Tavares Romano


Cristiane Tavares Romano

Psicóloga, psicodramatista pela Sociedade Paulistana de Psicodrama (Sovap) e psicodramatista didata pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS), diretora de ensino da ABPS (gestões 2018‑2019/ 2020‑2021), com pós‑graduação em Terapia de Casal e Família pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Tem formações complementares em Terapia Cognitivo- -Comportamental pelo Centro de Estudos em Terapia Cognitivo-Comportamental (CETCC),Terapia Cognitiva Narrativa & Focada na Compaixão pelo Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IPq-HCFMUSP), Filosofia Oriental pela Sociedade Brasileira de Filosofia e Psicologia Oriental, facilitadora e didata em meditação na área da saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e formação em Neuropsicologia pelo CETCC.

Cristina Jorge Dias


Cristina Jorge Dias

Psicóloga e mestre em Psicologia pela Universidade São Marcos (Unimarco). Psicodramatista didata supervisora pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS) e professora universitária. Ministra treinamento e oficinas pedagógicas em metodologias ativas e atende deficientes visuais. Autora dos livros Compartilhar jogos e vivências (Expressão e Arte, 2007) e Jogos pedagógicos e histórias de vida – Promovendo a resiliência (Loyola, 2013).

Elisabeth L. Bez Chleba


Elisabeth L. Bez Chleba

Psicóloga pós‑graduada em Recursos Humanos e com MBA em Gestão de Tecnologia Ambiental. É psicodramatista didata supervisora socioeducacional e diretora financeira da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS) (gestão 2019‑2022). Colaborou por três anos em projetos sociais com jovens e participou dos projetos de educação ambiental Corpo d’Água (Umapaz/Parque do Ibirapuera e Centro de Cultura Judaica) e A Terra (Museu Catavento), em São Paulo.

Gisele da Silva Baraldi


Gisele da Silva Baraldi

Psicóloga pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Psicodramatista didata supervisora pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS). Mestre e doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Neuropsicóloga pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Atua como psicoterapeuta e neuropsicóloga de adultos e crianças, e também é professora e supervisora no Curso de Formação em Psicodrama da ABPS.

Julio Cesar Valentim


Julio Cesar Valentim

Psicólogo pela Universidade Metodista de São Paulo. Psicodramatista supervisor com foco psicoterápico pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS). Pós‑graduado em Administração de Recursos Humanos pela Universidade Metodista e em Neurociências e Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC‑RS). Membro da diretoria da ABPS como suplente na gestão 2021‑2022. Diretor geral da Oficina de Talentos RH, consultoria especializada na identificação e no desenvolvimento de profissionais. Psicoterapeuta em consultório particular no atendimento a adultos, individual e em grupo.

Lúcio Guilherme Ferracini


Lúcio Guilherme Ferracini

Psicólogo especialista em Psicologia da Saúde/Hospitalar; psicodramatista didata supervisor com formação em Cuidados Paliativos; mestre em Ensino de Ciências da Saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Professor supervisor e presidente da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS) nas gestões 2019‑2020 e 2021‑2022. Psicoterapeuta em consultório particular; docente do curso de Psicologia do Centro Universitário FMU. Coautor dos livros Psicodrama e relações raciais – Diálogos e reflexões (Ágora, 2020) e Viagens virtuais psicodramáticas – A travessia da Sociedade de Psicodrama de São Paulo (Ágora, 2022). Áreas de interesse: luto, arte, fenomenologia, existencialismo e psicodrama.

Maisa Helena Altarugio


Maisa Helena Altarugio

Formada em Química e doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Docente, formadora de professores e pesquisadora na Universidade Federal do ABC (UFABC). Psicodramatista didata e docente do curso de formação da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS) com foco socioeducacional. Ganhadora do prêmio Febrap 2020.

Maria Aparecida Fernandes Martin


Maria Aparecida Fernandes Martin

Psicóloga, mestra e doutora em Distúrbios do Desenvolvimento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Psicodramatista didata supervisora pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS). Professora e supervisora do curso de Psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professora, supervisora e diretora de ensino da ABPS. Membro do Laboratório de Estudos da Violência e Vulnerabilidade (Mackenzie‑SP). Foi membro do Comitê de Ética em Pesquisa do Instituto Jô Clemente (Apae de São Paulo). Coautora do livro Masp 1970 – O psicodrama (Ágora, 2010). Atua principalmente nos temas grupos, vulnerabilidade social, clínica psicológica, desenvolvimento infantil, formação em saúde, psicodrama e sociodrama.

Marly Unello Rosinha


Marly Unello Rosinha

Bióloga pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Mestre em Semiótica e Técnicas Educacionais pelo Centro Universitário Braz Cubas (UBC). Mestre em Biologia Funcional e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Psicodramatista Socioeducacional pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS).

Neide Feijó


Neide Feijó

Enfermeira, mestre em Enfermagem Psiquiátrica e doutora pela Universidade de São Paulo (USP); pós‑doutora em Saúde Mental pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto; sociodramatista e didata pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS); sociodidata pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama; professora coordenadora na Escola Superior de Saúde Jean Piaget VNG (Portugal).

Norival Albergaria Cepeda


Norival Albergaria Cepeda

Psicólogo, psicodramatista didata supervisor pela Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama (ABPS). Ator profissional pelo Teatro Escola Macunaíma. Coautor do Livro Masp 1970 – O psicodrama (Ágora, 2010).

Sara de Sousa


Sara de Sousa

Terapeuta ocupacional pela Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico do Porto (ESS‑IPP); mestre em Psiquiatria e Saúde Mental pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto; doutora em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP); diretora de sociodrama e sociodidata pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama; terapeuta ocupacional no serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar Universitário de São João; professora‑adjunta na Escola Superior de Saúde do Politécnico do Porto (ESS‑IPP); pesquisadora do Laboratório de Reabilitação Psicossocial da ESS‑IPP e da FPCEUP; pós‑graduada em Gestão e Direção de Unidades de Saúde pela Porto Executive Academy do Instituto Politécnico do Porto.

Sônia da Cunha


Sônia da Cunha Urt


Sônia da Cunha Urt

Graduada em Psicologia, Pedagogia e Administração de Empresas. Pós‑doutora pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), pela Universidad de Alcalá de Henares (Espanha) e pela Universidade de Lisboa (Portugal). Doutora em Educação (Unicamp) e mestre em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC‑SP). Psicodramatista pela Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Professora titular aposentada da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Pesquisadora sênior dos programas de pós‑graduação em Educação e em Psicologia da UFMS. Coordenadora do grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Psicologia da mesma instituição. Atua em ensino, extensão e pesquisa, e suas publicações se concentram na área de educação e interfaces com a psicologia.

Leia o sumário e as primeiras páginas deste livro abaixo ou, se preferir, faça o download do PDF

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

Download [509.34 KB]

Você também pode gostar de…

Psicodrama no século 21

Aplicações clínicas e educacionais
Jacob Gershoni
R$111,20

Obra que apresenta as mais modernas aplicações do psicodrama e retoma a contribuição de J. L. Moreno para a psicoterapia de grupo. Diversos autores escrevem sobre sua prática clínica com famílias, crianças, adolescentes e minorias, bem como sobre o uso do psicodrama em ambientes educacionais e na área jurídica. Os artigos abordam, ainda, a interface com outras formas de terapia.

Psicodrama, O

Aplicações da técnica psicodramática
Dalmiro M. Bustos
R$125,40

Reedição revista e ampliada com novos artigos da obra coordenada por um dos grandes mestres do psicodrama. Desde os conceitos gerais até sua aplicação específica com crianças, adolescentes e casais, esta é uma obra abrangente e que mostra um panorama de 30 anos de atividades de Bustos.

Técnicas fundamentais do psicodrama – Edição revista

Antônio Gonçalves dos Santos
Arthur Kaufman
Camila Salles Gonçalves
e mais 11 autores
R$75,70

Verdadeiro clássico do psicodrama brasileiro, este livro, organizado pela incansável Regina Fourneaut Monteiro, a Réo, é leitura obrigatória para todos aqueles que se identificam com as propostas de Jacob Levy Moreno. Reunindo renomados médicos e psicólogos, a obra aborda – de forma objetiva e aprofundada – as principais técnicas do psicodrama, servindo como guia e inspiração para estudantes e profissionais da área.

Masp 1970 – O psicodrama

Maria Aparecida Fernandes Martin
Norival Albergaria Cepeda
R$74,70

Em 1970, auge da ditadura militar, cerca de 3 mil pessoas se reuniram no Museu de Arte Moderna de São Paulo (Masp) para participar do V Congresso Internacional de Psicodrama, o primeiro do gênero no país. Recheado de depoimentos, o livro constitui um emocionante documento com informações, reflexões e emoções experimentadas pelos pioneiros dessa abordagem no Brasil. Prefácio de Wilson Castello de Almeida.

Psicodrama após Moreno, O

Inovações na teoria e na prática
Marcia Karp
Michael Watson
Paul Holmes
R$122,30

Uma coletânea de artigos de alguns dos mais importantes psicodramatistas do mundo. Além dos organizadores, Dalmiro Bustos, René Marineau e Mónica Zuretti, entre outros, falam sobre os caminhos do psicodrama desde a morte de Moreno, em 1974. Os depoimentos descrevem como esse poderoso método de terapia grupal incrementou e inspirou as suas práticas terapêuticas. A introdução desta obra marcante é de Zerka Moreno.

Dicionário de psicodrama e sociodrama

Carlos María Menegazzo
María Mónica Zuretti
Miguel Angel Tomasini
R$83,60

Um elenco dos principais conceitos do psicodrama e sociodrama, dos mais tradicionais àqueles incorporados pela prática clínica e pela reflexão teórica dos últimos anos. Contando com a colaboração de importantes profissionais brasileiros, este dicionário traz a síntese da evolução da teoria criada por J.L.Moreno. Uma importante obra para profissionais da área da psicologia e do psicodrama em particular.

Aprendizagem baseada em problemas no ensino superior

Genoveva Sastre
Ulisses F. Araújo
R$86,80

A aprendizagem baseada em problemas (ABP) é um dos enfoques mais inovadores na formação profissional e acadêmica contemporânea. Suas perspectivas distintas situam os alunos no cerne do processo educativo, dando-lhes autonomia e responsabilidade pelo próprio aprendizado. Partindo de experiências pioneiras em universidades renomadas do mundo todo, esta obra proporciona uma excelente base conceitual e prática dos fundamentos teóricos e históricos da ABP e de sua implementação no ensino universitário nos últimos quarenta anos.