O TEMPO CERTO PARA A RETIRADA DAS FRALDAS

São Paulo, 23 (AE) – Um método para a retirada das fraldas dos bebês, difundido nos EUA, começa a ser aplicado aqui, causando divergências de opiniões. Trata-se do “elimination comunication” (comunicação da eliminação, em inglês), e que consiste na observação dos sinais e sons que o bebê emite sempre que sente vontade de fazer suas necessidades.

Baseado nestes sinais, os pais conduzem o bebê (de meses) para um peniquinho para que ele faça as suas necessidades e assim se condicione a não mais fazer nas fraldas.

Embora nos EUA já até exista uma organização não governamental chamada Diaper Free Baby (Bebê livre de fralda, em inglês) que auxilia os pais na técnica, eu a questiono bastante.

Além de ser pouco viável e prática nos dias de hoje para a execução dos pais, esta técnica se mostra inócua, uma vez que as crianças só começam a ter um controle neurológico de suas necessidades a partir dos 18 meses. Desta forma, esta antecipação da retirada da fralda por condicionamento tem pouca chance de dar resultado. Pela lógica, não são os pais que condicionam a criança, mas o bebê que condiciona os pais a levá-lo ao vaso sanitário sempre que quiser fazer cocô ou xixi.

Parte de artigo do Dr. Sylvio Renan Monteiro de Barros da MBA Pediatria, membro da Sociedade Brasileira de Pediatria e autor de “Seu bebê em perguntas e respostas“.

Para ler o texto na íntegra, acesse:
http://veja.abril.com.br/agencias/ae/comportamento/detail/2011-06-23-2065051.shtml

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*