MORRE A PSICODRAMATISTA MARIA ALÍCIA ROMAÑA

Lamentamos informar que faleceu no dia 20 de setembro de 2012, aos 85 anos, em Córdoba, na Argentina, Maria Alícia Romaña, autora do livro Crônicas e conversas psicodramáticas, da Editora Ágora.

Pedagoga e psicodramatista argentina, Maria Alícia viveu no Brasil de 1976 a 2005. Criadora da pedagogia psicodramática e autora de vários livros, foi pioneira na formação dos primeiros grupos que trabalharam com psicodrama aplicado à educação na Argentina e no Brasil.

Maria Alícia fundou a primeira escola de ensino de psicodrama em São Paulo. Também foi supervisora da Associação Brasileira de Psicodrama e Sociodrama.

Além de sua incansável capacidade profissional, era uma pessoa de extraordinária generosidade, criativa e brilhante. “Sua luz vai nos acompanhar para sempre”, disse seu filho, Valdir Peycere, em mensagem enviada ao psicodramatista Norival Cepeda, coautor do livro Masp 1970 – O psicodrama, também da Editora Ágora.

Para saber mais sobre o livro Crônicas e conversas psicodramáticas, acesse:
http://www.gruposummus.com.br/gruposummus/livro/613/Cr%C3%B4nicas+e+Conversas+Psicodram%C3%A1ticas

3 ideias sobre “MORRE A PSICODRAMATISTA MARIA ALÍCIA ROMAÑA

  1. Maria Alicia deixou um grande legado no campo do psicodrama pedagógico e fez diferença, trazendo avanços na vida de pessoas que como eu fui aluna dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*